A Caixa Econômica Federal está vendo a possibilidade de dar aos trabalhadores, que irão sacar o #FGTS em contas inativas, uma opção de poder receber esse dinheiro, que poderá ser transferido automaticamente para sua conta-corrente no próprio banco. Os benefícios ficam depositados na Caixa Econômica Federal na qual tem acesso para fazer essa transferência de forma automática para as contas das pessoas que tem direito ao benefício.

Essas pessoas também terão uma escolha de deixar o dinheiro na mesma conta que se encontra o dinheiro inativo ou realizar o saque.

Pensando na possível aglomeração que irá causar nas agências por causa do grande número de pessoas que vão realizar o saque, a Caixa através das transferências pretende diminuir em pelo menos 10 milhões de pessoas nas filas. O saque está previsto para ser sacado entre os meses de março e julho.

Publicidade
Publicidade

Calendário do FGTS será divulgado nesta terça-feira (14)

O cronograma de informação sobre os saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço retido será publicado na terça-feira (14). A Caixa Econômica Federal está criando um site para fornecer informações sobre os saldos do FGTS. As datas de liberação para saques serão baseadas nas datas de aniversário das pessoas que vão ter direito ao benefício.

O benefício ficará a disposição do beneficiado para qualquer necessidade. Essa informação ainda não está oficialmente decidida, mas o banco cogita o funcionamento aos sábado e domingo com o intuito de facilitar o atendimento.

A autorização de disponibilizar o recurso foi divulgada no mês de dezembro de 2016 pelo presidente Michel Temer com o intuito de contribuir de forma positiva para com a economia do país.

Publicidade

Está previsto um aquecimento na economia de R$ 34 bilhões. Os economistas acreditam que essa medida não afetará o setor de contas do FGTS, que acumula atualmente R$ 130 bilhões em patrimônio líquido.

Está prevista pelo governo que 30,2 milhões de trabalhadores têm direito ao recurso. Desses 30,2 milhões, pelo menos 10 milhões possuem conta no banco da Caixa Econômica Federal. O governo atualizou os saldos das contas, que era de R$ 41 bilhões e passou a ser de R$ 43,6 bilhões. #Calendário #CaixaEconômica