O Governo Federal anunciou nesta terça-feira (14), o tão esperado calendário que divulga o período para realização do saque das contas inativas do #FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. As retiradas desses valores poderão ser realizadas a partir do mês de março para as pessoas que fazem aniversário no meses de janeiro e fevereiro.

A CEF – Caixa Econômica Federal, responsável por ser a administradora desse fundo, escolheu como critério para retirada do dinheiro o mês de aniversario do empregado. As pessoas que nasceram nos meses de março, abril e maio terão direito a retirar o benefício no mês de abril. Já para os aniversariantes dos meses de junho, julho e agosto, o saque poderá ser feito em maio.

Publicidade
Publicidade

Os nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro terão acesso ao recurso em junho. No mês de julho, poderão fazer o saque os aniversariantes de dezembro.

O governo do Presidente Michel Temer anunciou no ano passado que permitiria o saque das contas inativas do FGTS. Essa foi uma das medidas tomadas pelo governo para tentar aquecer a #Economia e cerca de 30 milhões de trabalhadores terão direito a realizar o saque e usufruir do benefício. A data para início do saque será o dia 10 de março e a expectativa do governo é que seja injetado um valor aproximado de R$ 41 bilhões na economia do país.

Numa tentativa de evitar tumultos nas agências, a Caixa estuda um plano de contingência para poder realizar os atendimentos. A CEF divulgou a informação que algumas agências poderão ser abertas durante o sábado.

Publicidade

Outra medida para auxiliar nos atendimento seria a transferência automática dos valores direto para a contas dos correntistas da Caixa.

O que são contas inativas do FGTS?

Quando o trabalhador pede demissão ou é demitido por justa causa, os valores referentes ao FGTS ficam retidos nessas contas, sendo impossibilitado a retirada do benefício por um determinado período. Com a medida adotada pelo governo, terão acesso os empregados que deixaram o emprego até o mês de dezembro de 2015.

Consulta de saldo

O beneficiário poderá realizar uma consulta no site da CEF ou do FGTS para saber se tem saldo disponível para fazer a retirada. Também é possível consultar o saldo através de um aplicativo para tablets e smartphones. #Dinheiro