Mais uma boa notícia para quem está aguardando a divulgação do calendário para saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço de suas contas inativas. O #Governo Federal anunciou agora há pouco, que vai divulgar na próxima terça-feira, 14, o calendário com as datas para saque de contas inativas do fundo de garantia de tempo de serviço dos trabalhadores.

A previsão é que sejam anunciadas as datas ainda na parte da manhã de terça-feira (14), no Palácio de Planalto. Existem milhões de trabalhadores que possuem saldo em suas contas inativas, e, segundo especulações, o serviço funcionará de forma semelhante ao pagamento do abono do PIS, conforme data de aniversário do contribuinte.

Publicidade
Publicidade

Segundo divulgou Eliseu Padilha, Ministro-chefe da Casa Civil, trabalhadores já deverão começar a receber a partir do mês de março, e os pagamentos se estenderão até o mês de julho. Padilha também informou que a Caixa Econômica Federal deverá criar um site para esclarecer qualquer dúvida que o trabalhador possa vir a ter.

Dados do Governo

De acordo com estimativas levantadas pelo governo federal, existem pouco mais de 18 milhões de contas inativas, com saldo que ultrapassa o montante de R$ 41 bilhões.

Mais informações

1. Todos os trabalhadores que tiverem uma conta que se tornou inativa até o dia 31/12/2015, poderão sacar o #FGTS.

2. Se você trabalhou em uma empresa que por ventura veio a falir, você terá direito a sacar o #Dinheiro de sua conta inativa, caso a conta tenha sido extinta até 31/12/2015.

Publicidade

3. Nem todas as contas inativas possuem saldo, haja vista que o saldo possa ter sido utilizado pelo trabalhador para fins de investimentos, financiamentos, etc.

4. O presidente Temer chegou a falar sobre limites nos saques de contas inativas, mas voltou atrás na sua decisão, levando em consideração que, mais de 80% das pessoas que possuem saldo, tenha menos de um salário mínimo em conta.

5. Especialistas garantem que a melhor coisa a fazer com esse dinheiro seria pagar dívidas, principalmente as de cheque especial e cartão de crédito, devido aos juros altíssimos.

6. Também segundo especialistas, não será um bom negócio se dirigir a qualquer banco que ofereça o saque antecipado do FGTS, pois, além dos juros altos, você corre o risco de ser um dos últimos do cronograma de pagamento, e acabar se endividando ainda mais.