O #Calendário oficial de saques do #FGTS em contas inativas foi divulgado pelo governo na manhã desta terça-feira (14). Cerca de 30 milhões de brasileiros poderão sacar o recurso liberado pelo presidente Michel Temer. Os primeiros saques estão previstos para serem liberados no dia 10 de março para os trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro.

Para os trabalhadores que nasceram nos meses de março, abril e maio, o pagamento será liberado no dia 10 de abril. As pessoas que nasceram nos meses de junho, julho e agosto poderão realizar o saque no dia 12 de maio. Já os trabalhadores que nasceram em setembro, outubro e novembro irão sacar o recurso no dia 16 de junho. Por fim, quem nasceu em dezembro poderá sacar no dia 14 de julho.

Maior parte dos saldos são menor que uma salário mínimo

Segundo o governo, o valor total destas contas é cerca de R$ 43 bilhões, destes, pelo menos R$ 34 bilhões devem ser liberados para os trabalhadores. O governo também informou que a maior parte dos trabalhadores tem saldo de R$ 500 para receber. Uma parcela de 24% tem entre R$ 500 e R$ 1.500, e um grupo de 20% conta com saldo acima de R$ 1.500 para sacar.

Para poder sacar este dinheiro, o trabalhador deverá ter no mínimo três anos desempregado, mas as pessoas que tem FGTS inativos ate o mês de dezembro de 2015 também vai poder realizar o saque. Para os trabalhadores que desejam solicitar seu benefício, a #Caixa Econômica Federal oferece no site www.caixa.gov.br, além de todas as informações ou aplicativos encontrados em lojas virtuais de aplicativos de consulta FGTS e PIS.

Quem deseja se manter informado sobre sua conta pode fazer um cadastro seguindo as instruções e acompanhar. Há ainda a opção de consulta presencial numa agência da Caixa com os atendentes, contendo em mãos Cartão Cidadão e senha.

Os trabalhadores devem ficar atento para não cair em golpes e acabar entregando seus dados para pessoas que querem roubar suas informações pessoais. Este alerta foi feito pelo próprio banco da Caixa, depois de ter recebido várias denúncias de sites que estavam roubando dados das pessoas no momento em que realizavam a consulta do saldo online. Na maioria dos casos, os ladrões estavam se apresentando como funcionários do banco da Caixa e usando os dados das vítimas.

Para consultar seu saldo, a Caixa recomenda visitar o site oficial: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas