No dia 14 de Fevereiro, o governo publicou o calendário para realização do saque do #FGTS em contas inativas. Esta notícia veio em boa hora. Atualmente o país enfrenta níveis altíssimos de desemprego. Para quem deseja quitar as dívidas esta pode ser uma ótima #oportunidade.

Você sabe o que é FGTS?

FGTS é a sigla para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e foi criado em 1966. A princípio, assegurava uma indenização para os trabalhadores que possuíam mais de 10 anos de trabalho em uma mesma empresa, em caso de demissão.

O Fundo de Garantia funciona como uma conta poupança criada pelo empregador, onde um valor equivalente a 8% do salário total do trabalhador é depositado. Ao longo do tempo, este número é somado a juros e correção monetária.

Tem direito a esse benefício todo trabalhador regido pela CLT, temporários, avulsos, trabalhadores rurais, safreiros, diretor não empregado, jovens aprendizes e atletas profissionais.

Quem pode sacar?

Todo trabalhador que pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31/12/2015, tem direito ao saque das contas inativas de FGTS, de acordo com a MP 763/16.

Quando sacar

O Governo divulgou recentemente o calendário de pagamentos de acordo com a data de nascimento dos favorecidos. Confira as datas na relação:

Janeiro e Fevereiro - A partir de 10/03/#2017

Março, Abril e Maio - A partir de 10/04/2017

Junho, Julho e Agosto - A partir de 12/05/2017

Setembro, Outubro e Novembro - A partir de 16/06/2017

Dezembro - A partir de 14/07/2017

Mesmo perdendo o prazo do mês de referência para o saque, o limite para recebimento do dinheiro é até o dia 31 de Julho.

Locais para realizar o saque

O saque do FGTS poderá ser realizado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, mediante apresentação do número de inscrição do PIS/PASEP, comprovante de finalização do contrato de trabalho e documento de identificação. Caso a pessoa favorecida possua um valor acima de R$10.000,00 em conta, será necessário apresentar a Carteira de Trabalho ou um documento evidenciando o desligamento com o órgão empregador.

Nas casas lotéricas, Caixa Aqui e autoatendimento, é liberado o saque de até R$ 3.000,00. Para outros valores é necessário apresentar documento de identificação, Cartão Cidadão e sua respectiva senha.

Clientes que possuem conta poupança na Caixa Econômica Federal, têm o valor de sua conta inativa depositado automaticamente na poupança. Correntistas podem autorizar este serviço no site da Caixa.