Os trabalhadores que possuem saldo nas contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) poderão sacar todo o dinheiro, independente da conta ter acumulado um volume expressivo de fundos.

As contas inativas do #FGTS são criadas no momento em que o trabalhador deixa o emprego ou é demitido por justa causa. Como cada emprego com carteira assinada corresponde a uma conta de FGTS diferente, pode ocorrer de uma mesma pessoa possuir mais de uma conta inativa do FGTS com saldo disponível para saque.

Como saber se tem conta inativa do FGTS?

Uma conta do FGTS é considerada inativa quando não há novos depósitos pelo período de 3 anos.

Publicidade
Publicidade

Isso significa que o trabalhador não teve vínculo empregatício formal com nenhuma empresa durante esse período e acabou ficando fora do sistema. Para facilitar, todas as contas que não receberam depósito a partir de 31 de dezembro de 2015 podem ter o dinheiro sacado.

A consulta do saldo pode ser feita nas agências Caixa Econômica Federal, no aplicativo do celular ou no internet banking para correntistas. Para consultar é preciso informar o PIS, a data de nascimento e a senha do Cartão do Cidadão. Quem não possuir essa senha, precisará cadastrá-la na página de consulta do extrato do FGTS.

Quando o saldo da conta inativa do FGTS pode ser sacado?

O saque deve ser feito de 10 de março a 31 de julho de 2017. O governo definiu um calendário para os saques para evitar que muitos trabalhadores estejam ao mesmo tempo nas agências da Caixa Econômica Federal.

Publicidade

A ordem foi definida de acordo com o mês de aniversário de cada trabalhador:

- De 10 de março a 9 de abril poderão sacar todos os trabalhadores que nasceram em janeiro e fevereiro;

- De 10 de abril a 11 de maio quem nasceu em março, abril e maio;

- De 12 de maio a 15 de junho quem nasceu em junho, julho e agosto;

- De 16 de junho a 13 de julho quem nasceu em setembro, outubro e novembro;

- De 14 a 31 de julho quem nasceu em dezembro.

O trabalhador deve evitar perder o prazo, mas se isso ocorrer, ele ainda poderá sacar até o dia 31 de julho. Por exemplo, se ele nasceu em janeiro e não sacou dentro do seu prazo que é 9 de abril, ainda poderá sacar até no máximo 31 de julho.

Mas se caso perder o prazo de 31 de julho, poderá receber esse saldo somente dentro das regras antigas: aposentadoria, aquisição da casa própria ou se possui alguma doença grave.

Como sacar o saldo da conta inativa do FGTS?

Existem 4 formas possíveis para realizar o saque:

1) Crédito em conta Caixa. Quem já possui conta poupança, receberá automaticamente e para quem possui conta corrente poderá pedir o recebimento do dinheiro por meio do site das contas inativas (www.caixa.gov.br/contasinativas) ou por meio do telefone 0800-726-2017.

Publicidade

Se o trabalhador não possui uma conta na Caixa Econômica Federal, é recomendável que ele abra uma conta poupança para receber o seu dinheiro automaticamente no primeiro dia do calendário de pagamento.

2) Saque nos caixas eletrônicos da Caixa. O saque de até R$ 1.500 pode ser feito só com a senha do Cartão do Cidadão, mesmo se não esteja com o cartão em mãos e para valores até R$ 3.000, o saque pode ser feito com o Cartão do Cidadão e a senha.

3) Agências lotéricas e correspondentes. O saque também pode ser feito nas agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui e, para isso, o trabalhador precisará estar com o Cartão do Cidadão, a senha e um documento de identidade.

4) Agências bancárias. O saque também pode ser realizado nas agências Caixa, sendo que valores acima de R$ 3.000 só podem ser sacados exclusivamente nas agências. Para isso, é necessário levar o número de inscrição do PIS (Programa de Integração Social) e o documento de identidade. Também é recomendado levar o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou termo de rescisão do contrato de trabalho).

Se o trabalhador desejar transferir o dinheiro para outros bancos, é possível solicitar isso direto nas agências Caixa sem custo algum. #Economia #ontasinativas