Em abril, acaba aquela velha história de pagar o valor mínimo do cartão de crédito todos os meses até que vire uma gigantesca bola de neve, e saia do controle do consumidor a #Juros absurdos.

Ano passado, os juros do cartão fecharam a um valor superior a (pasmem!) 484% ao ano.

Essa é, inclusive, juntamente com o cheque especial, a maior causadora de dívidas e inadimplências dos brasileiros.

Entretanto, a partir de abril, o valor mínimo do cartão só poderá ser pago uma única vez, após 30 dias, os bancos ou instituições financeiras deverão apresentar aos clientes uma alternativa mais fácil para liquidar essa dívida.

Com isso, os valores dos juros cobrados devem ser menores.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, os bancos já oferecem essa opção de “financiamento” da dívida a um juro de 8% ao mês, o que ainda é um valor elevado, porém, é praticamente a metade dos juros cobrados no rotativo que gira em torno de 15%.

O governo pretende que os juros fiquem ainda mais baixos com a nova medida.

Os bancos têm até o dia 03 de abril para implantar essas mudanças.

O Banco do Brasil já divulgou que sua taxa de juros para esse financiamento do #rotativo do cartão de crédito irá variar de 3,13 % a 9,38% ao mês.

Os clientes poderão escolher em quantas vezes querem o parcelamento. Se não escolherem, a dívida será parcelada automaticamente em 24 meses. Com isso, o consumidor poderá ajustar a dívida à,realidade do seu orçamento.

Embora essa facilidade esteja ao nosso alcance em menos de 30 dias, o bom senso na hora do uso do cartão de crédito ainda é a melhor estratégia para evitar dívidas futuras.

Publicidade

Perder o controle ao usar o cartão é algo bem fácil, uma vez que não "sentimos o dinheiro saindo do bolso", por isso, autocontrole é fundamental. É só manter a racionalidade funcionando e pensar que, uma hora, essas contas terão de ser pagas. É nesse ponto que muitos dos gastos desnecessários deixam de ser concluídos.

Use com consciência e de acordo com o seu orçamento. Nessas condições, o cartão de crédito pode ser um bom aliado. #cartãodecrédito