A dois dias para encerrar o prazo de entrega dos documentos de declaração do #Imposto de Renda, a #receita Federal recebeu até as 17h de ontem (26), 20.890.655 declarações do imposto sobre a renda da pessoa física IRPF 2016. A expectativa é de que 28,3 milhões de contribuintes entreguem o documento segundo a própria Receita.

Apesar do alto número de declarações, muita gente que precisa declarar suas rendas ainda não fez o “dever de casa”. Para não receber uma multa da Receita, que varia entre R$ 165 (mínimo) a 20% do valor do imposto devido, é preciso correr contra o tempo.

Entre as diversas dúvidas ainda existentes, a falta de conhecimento também é uma das principais justificativas que está fazendo os brasileiros deixarem suas declarações para última hora.

Publicidade
Publicidade

Algumas instituições de ensino com cursos de Contabilidade e Direito realizam mutirões gratuitos nesta época do ano para auxiliar justamente nesse quesito.

Se você ainda não sabe, se têm ou não que declarar seu IR, veja alguns pontos de quem precisa apresentar a Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2016:

  • Trabalhador que recebeu rendimentos tributáveis, sujeito ao ajuste na declaração, que somados no ano passado, tenha ultrapassado o valor de R$ 28.559,70;
  • Trabalhador autônomo que recebeu rendimentos insetos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, que somados no ano passado, tenha ultrapassado o valor de R$ 40 mil;
  • Pessoa com posses, propriedades de bens e direitos (incluindo terra nua), que somados tenham ultrapassado o valor de R$ 300 mil;
  • Quem teve receita bruta superior ao valor de R$ 142.798,50, originários de atividade rural.

Dicas de última hora:

  • Separar a documentação necessária, e mesmo que esteva faltando alguns comprovantes, é preferível declarar agora com o que possuir em mãos para não perder o prazo. Logo em seguida, assim que a Receita Federal disponibilizar o aplicativo, retificar o valor. Recibos de consultas médica e educacionais também são importantes.
  • É necessário baixar o programa de declaração do Imposto de Renda no site da Receita Federal.
  • Dê atenção especial, no momento do preenchimento, nos gastos dedutíveis, que são aqueles que podem aumentar a sua restituição. Declare apenas itens que possam ser comprovados posteriormente para evitar cair na malha fina.
  • A inclusão de dependentes também requer um pouco mais de atenção. Filhos, pais, netos, cônjuges entre outros, podem ser declarados, desde que estejam de acordo com os critérios legais e também tenham declarado suas respectivas rendas.

O programa da Receita é um só tanto para realizar quanto para enviar a declaração pela internet.

Publicidade

Os dados podem ser salvos no sistema para facilitar a declaração do ano que vem. O prazo para entregar as declarações se encerra nesta sexta-feira (28), às 23h59. #2017