O prazo para retirada do abono salarial PIS/PASEP que tem como ano-base 2015 está quase acabando. O prazo se encerra dia 30 de junho, na próxima sexta-feira e até o momento não existe possibilidade de que esse prazo possa ser prorrogado pelo Governo Federal, apesar de ser grande o número de beneficiários que não realizaram o saque do dinheiro.

De acordo com um levantamento realizado pela CEF – Caixa Econômica Federal, no estado do Espírito Santo, ainda faltam mais de 33 mil beneficiários para fazer o saque do abono salarial PIS/PASEP. Com o encerramento do prazo na próxima sexta-feira, alguns trabalhadores correm o risco de ficar sem receber o benefício.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que o abono salarial não é cumulativo e se aquelas pessoas que têm direito ao saque não fizerem a retirada do dinheiro, os valores retornaram para os cofres públicos. O dinheiro não retirado pelos beneficiários é utilizado no FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Critérios para recebimento do abono salarial PIS/PASEP ano-base 2015

Para fazer jus ao recebimento do abono salarial 2015, a pessoa precisa ter trabalhado por pelo menos 30 dias com registro em carteira no ano de referência, ter sua inscrição no cadastro do PIS ou PASEP por pelo menos cinco anos, ter recebido uma remuneração que não ultrapasse o valor de dois salários mínimos vigentes no ano-base. Além disso a empresa que realizou a contratação precisa ter enviado corretamente os dados do trabalhador através da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais.

Publicidade

De acordo com a nova regra estipulada pelo Governo Federal, a quantia recebida por cada beneficiário pode variar entre a quantia de R$ 78 até R$ 937. Os valores para saque vão depender do tempo trabalhado pela pessoa no ano de referência. Na regra anterior, qualquer pessoa que trabalhasse por 30 dias com carteira assinada, faria jus ao recebimento integral do benefício, ou seja, o valor de um salário mínimo vigente.

Onde realizar o saque do benefício

Os trabalhadores que prestam serviço em empresas privadas são cadastrados no PIS e para retirar o seu abono salarial podem procurar as agências da CEF – Caixa Econômica Federal. Caso o beneficiário possua o Cartão Cidadão pode fazer o saque do dinheiro diretamente nos caixas eletrônicos ou nas casas lotéricas. Para os trabalhadores que possuem o cadastro no PASEP, a retirada do benefício somente poderá ser realizado nas agências do Banco do Brasil.

Caso o trabalhador fique em dúvida se tem direito ao recebimento do abono salarial que tem como base o ano de 2015, pode fazer uma consulta no site do Ministério do Trabalho. Basta ter em mãos o número do cadastro do PIS ou PASEP, o CPF e a data de nascimento. #Economia