Diante do momento crítico que o país atravessa, seria quase impossível não ter muitas pessoas endividadas ou mesmo com seu nome listado nos serviços de proteção ao #crédito.

Listamos algumas dicas simples e muito eficazes que irão te ajudar, não apenas a se livrar das #Dívidas, mas também a poupar e a lidar com o seu dinheiro de maneira mais responsável evitando dores de cabeça indesejáveis confira a seguir.

Nunca gaste além do que você ganha

Quem nunca gastou além do que podia, comprometendo as contas do mês? Pois, é exatamente deste ponto que iniciaremos com dicas importantes.

O tema é importantíssimo, e vital para qualquer pessoa que deseja sair do vermelho ou mesmo poupar algum dinheiro.

Publicidade
Publicidade

Muitos acreditam que pelo fato de receberem por exemplo: R$2.000,00 reais por mês, podem comprometer todo esse valor em dívidas, se esquecendo que existem os descontos no contracheque e os gastos fixos no mês, partindo daí deve-se manter tudo bem controlado, gastos no cartão por exemplo precisam ser anotados, para não serem esquecidos, e complicar no fechamento das contas.

Exemplos de descontos em contracheque:

Vale transporte 6%

INSS 8% a 11%

O salário citado acima já cairia com os descontos para R$1.660,00, ou seja, esta pessoa que comprometeu sua renda bruta em dívidas, estaria devendo ainda R$340,00.

Vale lembrar que os #Juros do rotativo no cartão de crédito possuem uma das maiores taxas de juros do país, fuja dele, suas taxas variam em torno de 15% ao mês, gerando uma verdadeira bola de neve.

Publicidade

Faça um levantamento sobre a sua atual situação financeira

Esta atitude é sem dúvida muito importante para que se possa ter uma real ideia dos estragos causados pela má administração financeira.

A utilização de uma planilha, pode ser uma ótima alternativa para realizar o controle de suas contas.

A partir desse levantamento, pode-se ter uma visão, do que realmente é necessário ou não em seu orçamento, muitas pessoas sequer anotam seus gastos.

Existe ainda a chamada reserva de emergência que é importante para um eventual desemprego, de acordo com especialistas, esta deve ser equivale a 6 vezes o seu gasto mensal.

Não tenha como meta apenas pagar contas, mas principalmente como poupar

Utilizando uma planilha você pode inserir não apenas as contas de mês como luz, telefone, internet e TV a cabo, além dessas crie um espaço para uma aplicação mensal ainda que pequena, porém terá importância no futuro, além é claro de estar desenvolvendo um hábito saudável a sua rotina financeira.