A presidente da marca #Crefisa, Leila Pereira, terá que mexer outra vez nos cofres da empresa para dar conta das diversas contratações. O #Palmeiras já gastou mais de R$ 132 milhões, só este ano, em investimentos no futebol, a maior parte desse dinheiro vem da Crefisa (patrocinadora master do Palmeiras) e da FAM (Faculdade das Américas).

O técnico do Palmeiras, Cuca, pediu mais um reforço para a equipe, já que a produtividade em campo está baixa. O perfil do reforço que Cuca deseja é um clássico 'camisa nove', que faça muitos gols, e na mira do clube está Diego Tardelli que está atuando na China, e também o Sassá do Botafogo que teve uma ótima temporada no clube, mesmo não atuando por um tempo, o jogador continua sendo o artilheiro da equipe em 2017.

Publicidade
Publicidade

Crefisa decide o melhor para sua economia

A empresa deve decidir entre três jogadores, o melhor para sua #Economia, mesmo não tendo uma sondagem por parte do Palmeiras no meia-atacante Valdivia, o jogador já assumiu a vontade de voltar a equipe após uma mensagem postada em sua conta de twitter oficial: "Só ligar que eu vou", e isso criou muitas especulações, e o Palmeiras tem três opções de negociação. O desejo do técnico Cuca é um centroavante, porém quem deve decidir é a patrocinadora do clube.

Após a declaração de Leila Pereira, dizendo que não participa das contratações e só é chamada na hora de perguntar se ela pode contribuir, o presidente do Palmeiras deve deixar ela decidir por essa contratação, e tudo será analisado, desde a opinião do treinador da equipe até a análise específica do ponto de vista econômico, ou seja a quantas anda a capacidade de investimento da empresa, até porque já são feitos investimentos de altíssimos níveis na equipe e será mais um salário para ser pago.

Publicidade

Quanto a empresa desembolsa por ano?

A patrocinadora master do Palmeiras é a que mais investe na América do Sul, e os seus investimentos deixaram o clube milionário, comparando até mesmo com times europeus. A Crefisa desembolsa por temporada R$ 70 milhões para a equipe alviverde executar as contratações, e fora os salários integrais e parciais da maioria dos jogadores que são pagos pela empresa.

Muitas pessoas especulam que, em breve, a empresa terá um déficit muito alto em sua economia, porém a presidente da Crefisa já afirmou ter cautela e saber o quanto gastar, que os investimentos são mais lucrativos do que precários e por isso ambos ganham com esses investimentos milionários feitos no Palmeiras.