Na atual crise financeira em que passa o Brasil, muitas são as pessoas que não estão conseguindo pagar suas contas e com isso acabam ficando com o nome sujo. Isso acontece quando o credor, a empresa que tem o direito de receber o valor que lhe é devido pelo consumidor, resolve colocar o nome do mesmo no cadastro de inadimplentes.

O nome do consumidor fica sujo quando é cadastrado como mal pagador no SPC, Serviço de Proteção ao Crédito, SCPC, Serviço Central de Proteção ao Crédito ou #Serasa, empresa pública com Centralização de Serviços dos Bancos.

Quando uma pessoa fica com o nome sujo, ela fica impedida de conseguir novos créditos ou pode ter que pagar taxas mais altas de juros.

Vale ressaltar que uma empresa não suja seu nome logo que você atrasa uma conta.

Publicidade
Publicidade

Geralmente as empresas fazem de tudo para renegociar a dívida com o consumidor, tentando dar um prazo para que o mesmo pague a conta. Algumas empresas costumam tirar os juros que foram acrescentados após o atraso e até mesmo dividir o valor para que o cliente consiga pagar o que deve. Só depois de tentarem essa negociação de todas as formas, sem sucesso, é que a empresa opta por mandar o nome para o cadastro de inadimplentes.

Mauro Rochlin, economista e professor, esclarece que após a empresa cadastrar o nome do cliente inadimplente ele não aparecerá no dia seguinte no cadastro do #SPC ou Serasa. É preciso um tempo para que essas empresas possam processar as informações recebidas e somente após isso o nome aparecerá na lista pública de devedores.

Como limpar o seu nome?

Com certeza a forma mais fácil e rápida de ter o nome limpo novamente é pagando a conta atrasada.

Publicidade

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, o consumidor deve ter seu nome tirado do Cadastro de inadimplentes em até 5 dias úteis após ele ter quitado a sua dívida.

Caso o consumidor não quite sua dívida, ele poderá ter seu nome limpo após 5 anos, esse é o prazo máximo que o nome do devedor pode ficar cadastrado como inadimplente. Após esse período o nome do devedor deve sair do cadastro mesmo que o mesmo não tenha quitado a dívida com a empresa que fez o cadastro.

Mas vale lembrar que mesmo diante dessa situação, quando o nome foi retirado após cinco anos de cadastro, a empresa credora ainda pode cobrar a dívida através de um processo judicial.

Como descobrir se o nome está sujo?

Qualquer pessoa pode consultar se está com o nome sujo nos sites dessas instituições de cadastro de inadimplentes. Basta para isso usar o número do CPF, Cadastro da Pessoa Física. #Dívidas