Cansado de perder tempo indo até agências bancárias resolver seus problemas com bastante burocracia? Uma startup brasileira promete facilitar a vida dos consumidores com uma conta 100% digital. O Banco Neon, originado do Controly (uma espécie de cartão pré-pago que se assemelhava a uma conta corrente), surgiu com a promessa de ser simples e transparente quanto a suas taxas e juros.

Há um ano em atividade, a fintech digital já alcançou a marca dos 180 mil usuários, segundo o CEO Pedro Conrade, ultrapassando as expectativas iniciais. "Esperávamos em um ano, estar com aproximadamente 100 mil pessoas utilizando o Neon, mas os números nos surpreenderam", afirmou.

Publicidade
Publicidade

Ainda de acordo com o fundador, eles agora se preparam para lançar um novo tipo de serviço, um cartão de crédito com a bandeira Visa, que estará disponível em breve e que, além de possuir custo zero de anuidade, terá juros mais baixos que os já disponíveis. Com essa nova aposta a startup concorrerá diretamente com outras que já oferecem gratuitamente esse recurso, como Nubank e Digio.

Futuramente, o banco pretende lançar mais novidades, como, por exemplo, a conta corrente sem custo de manutenção para pessoa jurídica, visando às pequenas empresas.

A conta

Voltado para os millenials (termo usado para categorizar os indivíduos que nasceram entre 1980 e 2000), mas sem esquecer do restante dos consumidores, o Neon é totalmente digital. Para criar a conta é necessário o download do aplicativo oficial em um aparelho celular com sistema Android ou iOS e que possua câmera frontal.

Publicidade

Além disso, o interessado precisa ter mais de 18 anos. Ao fim, se o cadastro for aprovado, o cliente terá que fazer um depósito mínimo de pelo menos R$ 100 para ativar a conta e receber em casa o cartão de débito.

Objetivos: o planejamento financeiro do Neon

Já oferecendo recursos bastante aclamados pelos usuários, como o reconhecimento facial e o atendimento personalizado, o banco recentemente liberou os tão divulgados e esperados Objetivos, uma modalidade de investimentos que dá ao correntista a opção de aplicar em CDBs (Certificados de Depósito Bancário) com liquidez diária e rentabilidade de 80% de CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

Algumas vantagens do recurso é que não possui aplicação mínima e o cliente é quem decide o quanto aplicar e quando resgatar, podendo render mais que a poupança. Entretanto, isso vai depender da taxa de CDI.

Algumas observações

Cabe lembrar que o banco, apesar de não possuir anuidade ou taxas de manutenção, não é isento de tarifas, já que seus serviços oferecidos de graça são limitados, como, por exemplo, a emissão de boletos que se limita a uma operação por mês gratuitamente.

A partir da segunda, são cobrados R$ 2,50. Outro ponto importante é que como o Neon não possui agências físicas os saques são efetuados a partir da rede Banco 24horas. #Economia #BancoNeon #Tecnologia