A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) prevê que, a partir do ano que vem, as contas de luz terão um reajuste. Isso porque, o diesel é usado em algumas termelétricas que geram energia no país.

A quota de PIS/Cofins do diesel subiu de R$ 0,21 para R$ 0,46. Entretanto, o Ministério de Minas e Energia ainda não sabe o impacto que o aumento dessas contribuições tributárias terá nas contas de luz.

Contudo, o principal aumento será sob a conta de consumo de combustível, que apesar de ser usado apenas os estados do Norte, todo o país colaborará para pagar a conta. Só neste ano um valor de R$ 5 bilhões será cobrado dos brasileiros para pagar o diesel usado nas usinas termoelétricas.

Publicidade
Publicidade

Apesar dos combustíveis colaborarem para o aumento das contas de luz, um levantamento mostrou que ainda este ano as contas terão outro impacto em função da seca. Os baixos níveis nos reservatórios das hidrelétricas aumentarão o uso das termelétricas, o que representará aumento nos custos.

Possivelmente, o aumento ocorrerá no segundo semestre do ano. A partir o reajuste, os brasileiros pagarão uma multa de R$ 3,00 a mais a cada 100 KWH de energia consumida.

#Dicas para manter as contas em dia

Os aumentos nas contas refletem significativamente nos planejamentos familiares. O ideal é sempre manter um controle nos gastos para não acabar ficando endividado.

Para isso, há algumas dicas de grande valia que podem ser úteis principalmente em momentos de crise financeira. Confira:

Não gastar mais do que ganha: Parece muito óbvio, mas essa é a principal regra para não ficar com contas atrasadas.

Publicidade

Segui-la é uma maneira segura de não perder o controle das contas.

Impor limites no cartão de crédito: Esse tipo de cartão pode ser muito útil, mas deixar faturas acumuladas pode gerar uma "bola de neve", e depois fica mais difícil controlar a situação. Por isso, vale a regra do dito popular que diz: ‘’Evitar é melhor que remediar’’.

Ter uma poupança: Gastos inesperados podem descontrolar todo o orçamento financeiro de uma pessoa, mesmo aquelas que mantêm um planejamento. Por este motivo, uma quantia reservada é uma opção valiosa. Essa reserva pode ser muito útil em casos de perder o emprego ou em gastos inesperados.

Evitar compras a prazo: Pode parecer tentadora a oferta de levar um celular para a casa e pagá-lo em 15 vezes. Entretanto, o preço do aparelho não será o mesmo se a compra fosse à vista. Além disso, é arriscado comprar algo para pagar posteriormente por causa da falta de estabilidade financeira durante todas as parcelas da dívida. #Economia #tarifa