O sistema é conhecido por cashback e não é nenhuma novidade, porém, está vivendo a melhor fase no Brasil, justamente porque só agora as empresas estão realmente aderindo à mania de ‘’devolver’’ #Dinheiro para os seus clientes sempre que eles realizam uma compra. Como no período de crise todo dinheiro é muito bem-vindo, tem crescido o número de usuários destes aplicativos, que fazem justamente esta ligação entre as empresas e os consumidores.

O cashback é um processo simples e funciona da seguinte forma: sempre que o usuário efetua uma compra em uma das empresas parceiras, ele recebe de volta uma porcentagem do que pagou.

Publicidade
Publicidade

Para ilustrar o caso, imagine que uma pessoa compra uma televisão no valor de R$ 1 mil e a empresa parceira do #Aplicativo está disposta a devolver 5% do valor do produto. Esse consumidor terá direito a R$ 50.

O Méliuz e o BeBlue são os dois aplicativos de cashback mais famosos aqui no Brasil, mas há muitas outras opções. Porém, é preciso analisar bem antes de efetuar o cadastro para não ter problemas depois.

Esses aplicativos começaram a ser desenvolvidos por pessoas que ficaram insatisfeitas com os antigos programas de pontos, comuns principalmente entre as operadoras de cartão de crédito. Estas pessoas tinham dificuldades para acumular pontos e quando conseguiam, não conseguiam convertê-los em produtos tão facilmente.

Uma das vantagens dos aplicativos de cashback é que o usuário pode comprar o que quiser, com o dinheiro que recebe de volta, como é o caso do Méliuz.

Publicidade

O dinheiro é depositado na conta da pessoa e pronto, ela não precisa dar satisfação a ninguém do que irá fazer.

Empresas como a Riachuelo, Americanas, Casas Bahia, Walmart, entre outras, já aderiram ao sistema e isto deu credibilidade a estes aplicativos, só que cada uma se compromete a devolver uma porcentagem diferente.

E como participar e ganhar dinheiro com as compras efetuadas? É muito simples, basta efetuar o cadastro em um dos aplicativos e depois, quando for efetuar uma compra, ficar atento aos preços e fazer as comparações para saber o que é mais vantajoso.

Uma dica importante é que nem sempre é mais vantajoso comprar em que devolve uma porcentagem maior, por exemplo: se uma televisão em determinada loja custa R$ 1 mil e a empresa devolve 5%, então no final das contas o produto custará R$ 950,00. Mas se esta mesma televisão em outra loja custar R$ 900,00 e a porcentagem devolvido for de apenas 2%, ainda assim esta segunda é a melhor opção, porque, no final, o produto terá custado apenas R$ 882.

Observe que a segunda loja devolve uma porcentagem menor, mas o gasto foi de R$ 882 para comprar a TV, quando na primeira loja o custo final seria de R$ 950. É importante colocar tudo no papel para não cair em nenhuma pegadinha. #Tecnologia