A presidente da #Crefisa, Leila Pereira, se tornou um nome muito comentado quando citam o clube em qualquer notícia sobre contratações e negociações internas, isso se dá pelo fato dela ser dona do maior patrocínio do clube (Crefisa e FAM), e isso acaba dando uma autoridade para opinar em decisões internas da equipe, tanto que Leila Pereira se tornou conselheira da mesma.

O patrocínio já é o maior das Américas e comparado com alguns investimentos feitos em equipes europeias. A presidente das marcas já deu entrevista falando sobre os investimentos milionários e se aquilo afetava na #Economia de suas empresas, já que parece um "grande saco sem fundo", porém, a mesma afirmou que é muito rentável para a Crefisa e FAM, mas um motivo pode fazer a presidente rever seus investimentos.

Publicidade
Publicidade

Crefisa pode deixar de investir em contratações

Leila Pereira falou sobre a sua declaração que causou uma grande polêmica, na qual a mesma citava que reveria seus investimentos caso o diretor de futebol Alexandre Mattos fosse demitido da equipe, já que houve uma cogitação nos bastidores do clube sobre isso, e a presidente da Crefisa interferiu nos assuntos internos da empresa "ameaçando" reduzir os investimentos.

Após isso, muitos jornais publicaram que Leila Pereira deixaria de investir no #Palmeiras, porém a presidente explicou que a frase estava sendo subentendida e que ela afirmou, na entrevista, que reveria os investimentos em contratação e não no patrocínio, já que a marca tem contrato até o final de 2018 com o Verdão.

O motivo que pode fazer Leila Pereira deixar de investir tanto nas contratações do clube é se Alexandre Mattos for demitido, pois a presidente da empresa bilionária afirmou que confia no trabalho do dirigente esportivo e que não confiaria tanto em outros contratando como confia nele e se caso houver uma troca, terá que seguir a mesma linha de Mattos para ganhar a confiança da mesma.

Publicidade

Isso se dá pelo fato que a dona da Crefisa, além do patrocínio milionário, também investe nas contratações de jogadores para reforçar a equipe do Verdão, porém, os investimentos em reforços que são constantes de Leila Pereira pode diminuir muito se a diretoria tomar decisões que não compactuam com as ideias da mesma, como a demissão de Alexandre Mattos, o que seria um grande baque para a dona da empresa, na qual apoia muito o trabalho do dirigente de futebol da equipe alviverde da capital.