Mesmo em tempos de crise econômica, alguns setores da #Economia se mantêm ativos e com crescimento relativamente bom. Portanto, conseguem gerar oportunidades de #Trabalho como se o país não estivesse em crise. Neste artigo, veja quais setores ainda geram vagas de #Emprego.

Para o entendimento geral dos leitores, alguns setores de negócio se beneficiaram desde o começo da crise. Setores que antes atendiam classes de baixo poder aquisitivo ganharam clientes por causa da queda no padrão de consumo geral, algo que aumentou o número de pessoas que se encontram nas classes mais baixas. Por conta disso, houve um aumento na oferta de serviços menos elaborados, já que os consumidores com poder de compra reduzido acabaram optando por serviços mais baratos.

Publicidade
Publicidade

Empresas que trabalham com bens de consumo

Ambev, BRF e outras empresas do ramo não perderam suas fatias de mercado durante os anos de crise na economia brasileira. Pelo contrário, aumentaram sua produção e até geraram novos postos de trabalho. Isso acontece porque bens de consumo são os últimos que as pessoas cortam de seus orçamentos.

Assim sendo, é o último setor a perder mercado em uma crise. A título de exemplo, podemos ver as cervejarias de Petrópolis (RJ), que mesmo com o país em crise conseguem gerar empregos. Isso vale também para bares locais, restaurantes e mercados que buscam atender a população de classe mais baixa.

Agronegócio e trabalhos no campo

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego foram abertas mais de 36 mil postos na pecuária apenas no mês de junho, sendo o único setor da economia que tem saldo positivo na geração de vagas de trabalho.

Publicidade

Já na agricultura, o café, a laranja e a soja ainda são muito explorados, já que são produtos de exportação e dependem mais da economia de outros países do que do comércio interno.

A contínua produção do agronegócio e o crescimento nas exportações não têm impacto apenas nos empregos do campo. Com o crescimento da produção, mais caminhoneiros são contratados para transporte, produtores de insumos básicos se beneficiam e até mesmo os trabalhadores dos portos ganham serviço.

Trabalhos online

Muitos não sabem que já é possível tirar toda a renda de trabalhos online. Com o advento da internet e a inclusão dos modelos de negócio digital tomando mercado nos últimos anos, os empregos ou trabalhos online se expandiram muito, criando uma nova modalidade de atuação, modelo que foi reconhecido como forma legal de trabalho pela nova reforma trabalhista. Meio que já é conhecido por profissionais como programadores, designers e tradutores, que já tem sites próprios para trabalhos freelancers.

Portanto, procure consultar sites de trabalhos freelancers e utilize suas habilidades para conseguir clientes nesse meio.