O governo federal começou a liberar, na última quinta-feira (27), o pagamento do abono salarial PIS/PASEP 2017-2018. Os depósitos já começaram e para receber o benefício devem ser observados alguns requisitos. Os valores referentes ao benefício PIS/PASEP 2017-2018 têm como referência o ano de 2016.

Para fazer jus ao recebimento do benefício, a pessoa precisa ter trabalhado com registro em carteira por pelo menos 30 dias no ano de 2016. Além disso, o trabalhador precisa estar cadastrado no PIS/PASEP há no mínimo cinco anos e a empresa onde foi prestado o serviço precisa ter enviado os dados do trabalhador através da Relação Anual de Informações Sociais.

Publicidade
Publicidade

A renda recebida não pode ultrapassar a média de dois salários mínimos por mês.

São inscritos no PIS – Programa de Integração Social - os trabalhadores que prestam serviço no setor privado, sendo os pagamentos realizados conforme a data de aniversário. No caso do PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público - são inscritos os trabalhadores que prestam serviço no setor público e os pagamentos são realizados conforme o número de inscrição do PASEP.

Conforme o calendário estipulado pelo Ministério do Trabalho, as pessoas que nasceram em julho até o mês de dezembro terão direito ao recebimento do PIS ainda neste ano de 2017. Aquelas pessoas que nasceram entre os meses de janeiro a junho, somente receberão o benefício no ano de 2018, sendo os pagamentos realizados até o final do primeiro trimestre.

Publicidade

No entanto, os valores ficam disponíveis para os beneficiários até 29 de junho do próximo ano, prazo máximo para a retirada do benefício. Vale ressaltar que os valores não são cumulativos, caso o trabalhador não realize o saque do dinheiro, os recursos retornarão para os cofres públicos. Desde o ano de 2016, o governo estipulou novas regras para que o trabalhador tenha direito ao saque dos valores integralmente. De acordo com a regra antiga, bastava ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano para conseguir o benefício de um salário mínimo.

Com as novas regras estipuladas pelo governo federal, os valores para saque variam entre R$ 78 a R$ 937, tudo vai depender de quanto tempo o trabalhador prestou serviço com registro em carteira, no ano de referência 2016. Caso a pessoa tenha trabalhado os 12 meses do ano, fará jus ao recebimento do benefício integralmente. Para as pessoas que não trabalharam durante o ano todo, os valores irão variar conforme o tempo trabalhado.

Publicidade

Onde realizar o saque do abono salarial PIS/PASEP 2017-2018

Para as pessoas que são inscritas no PIS, o dinheiro pode ser retirado nas agências da CEF – Caixa Econômica Federal. Caso o trabalhador possua o cartão cidadão, os valores podem ser sacados diretamente no caixa eletrônico ou nas casas lotéricas. Já para os inscritos no PASEP, os valores somente podem ser retirados nas agências do Banco do Brasil.

O Governo Federal estima que mais de 24 milhões de pessoas terão direito ao recebimento do abono salarial ano-base de 2016. #Economia #PIS 2017