Publicidade
Publicidade

Nesta sexta-feira (18), houve uma movimentação entre os #Aposentados da Caixa Econômica Federal [VIDEO]a fim de, unidos, protestarem contra o "rombo" nas contas do #Fundo de Previdência. Os colaboradores estão se sentindo "roubados". Não houve tumulto, tudo ocorreu dentro do que foi proposto por eles, que queriam chamar atenção dos responsáveis pelo "buraco" nas suas pensões.

O protesto ajuda a alertar beneficiários do Fundo de Previdência (FUNCEF). Muitos desses colaboradores da Caixa, nem imaginam o que acontece com seus benefícios.

"Nós só queremos que haja clareza e que tudo seja esclarecido e não fiquemos no "escuro", esbravejaram alguns, dizendo que estão cansados de serem enganados.

Publicidade

Outra senhora aposentada comentou: "No fim das contas, acaba sobrando para nós. Precisamos saber para onde foi esse dinheiro que é nosso por direito".

O aposentado que organizou a manifestação na cidade de Petrópolis/RJ, comentou que, desde 2016, está sendo descontado por déficit do Fundo de Presidência. O senhor Júlio César, de 57 anos, informou que a organização da manifestação em Petrópolis aconteceria passivamente sem prejudicar ninguém, conforme já mencionado.

A intenção é deixar que toda essa movimentação deixe os funcionários ativos por dentro dos acontecimentos. A união dos colaboradores da #Caixa Econômica Federal é de suma importância para ser feita pressão e investigar o rombo no fundo de previdência, que provavelmente lesa os aposentados e tem que ser esclarecido.

As redes sociais contribuíram para a comunicação e organização do encontro entre os aposentados, para lutar pela reivindicação dos seus interesses.

Publicidade

De acordo com o que se pode conferir nos sites de notícias, mais de 100 mil famílias estariam sendo afetadas pelos déficits no Fundo.

Os aposentados não vão deixar que dessa vez corra frouxo e se organizaram para mostrar que não estão de acordo com esse rombo. Desde, do ano passado, segundo alguns colaboradores já informaram, estão pagando uma conta embutida nos seus benefícios que não cabe a eles. O movimento mostra que o povo brasileiro tem voz ativa e que, juntos, são fortes para lutar por seus direitos.

Os colaboradores da Caixa pedem que a Polícia Federal tome frente do caso e venha a fazer a investigação o mais rápido possível, pois, segundo as pessoas lesadas por esse "buraco" no Fundo de Previdência, é um absurdo esse dinheiro ser descontado em suas contas.