Publicidade
Publicidade
2

Depois da liberação das contas inativas do #FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), por meio da Medida Provisória 763/2016, o governo preparou outra boa notícia para os trabalhadores. Em 31 de agosto, metade do lucro do Fundo de 2016 será distribuído para 88 milhões de brasileiros, por meio de depósito automático nas contas de FGTS dos trabalhadores. O lucro registrado pelo fundo no ano passado foi de R$14,55 bilhões.

Segundo as informações divulgadas, serão depositados R$7,28 bilhões nas contas vinculadas. O valor para cada trabalhador, no entanto, será proporcional ao saldo da conta.

Antes, o lucro auferido pelo fundo era reaplicado e ficava disponível para realização de novos empréstimos aos cidadãos.

Publicidade

O saldo do FGTS é utilizado para financiar empréstimos habitacionais para os brasileiros.

Diferentemente do saldo das contas inativas, contudo, este valor não poderá ser sacado. Ou seja, o dinheiro será creditado na conta, mas só poderá ser utilizado nas hipóteses previstas para o saque, como aposentadoria, demissão sem justa causa, compra da casa própria, entre outras.

FGTS: Correção do valor será depositada em agosto

Quem tem direito

No site da #Caixa é possível consultar o direito ao benefício e o valor do depósito. Outra opção disponibilizada pelo banco é o telefone 0800 726 2017. Para consulta, em ambos os casos, é necessário informar nome completo, CPF e número do PIS.

O FGTS

Todo trabalhador com contrato formal de trabalho tem direito a FGTS. Todo mês, o empregador deposita o equivalente a 8% do salário bruto do trabalhador.

Publicidade

Esses recursos são corrigidos por juros e o dinheiro pode ser sacado em condições especiais.

O saldo do FGTS é utilizado para financiar empréstimos para a compra da casa própria. Até hoje, o lucro obtido era reaplicado. A partir de agora, metade do lucro será direcionado ao trabalhador.

História do FGTS

Criado em 13 de setembro de 1966, o FGTS é uma espécie de poupança, custeada pelo contratante, mas em benefício do trabalhador. O valor do depósito equivale a 8% do salário bruto. O valor da contribuição não é descontado do trabalhador.

O FGTS financiou, na última década, 7 milhões de casas próprias, beneficiando mais de 28 milhões de pessoas. O cálculo do governo é que cerca de 24 milhões empregos tenham sido criados a partir das obras financiadas com recursos do fundo.

Informe-se sobre quanto e como você poderá sacar das contas inativas do FGTS.