Muitos economistas repetem o mesmo discurso de que o bitcoin é uma bolha, analisando a criptomoeda sob a ótica do mercado de ações, e esse é o grande erro. Nos últimos tempos, houve muitas bolhas no mercado de ações mundial, como a das empresas de internet em 2001 e a imobiliária em 2008. Hoje ainda existe o temor de uma nova bolha nas maiores bolsas do mundo.

Os temores que cercam os outros ativos também caem sobre o bitcoin e outras #moedas digitais, por conta da apreciação enorme que as criptomoedas [VIDEO] vem experimentando ao longo dos últimos anos. Porém, análises normais sobre ativos tão diferentes, que usam tecnologias tão inovadoras sempre darão errado.

Publicidade
Publicidade

O que fundamenta o preço do bitcoin

A função de uma moeda é facilitar a transferência de valor entre as pessoas, e o bitcoin é a melhor moeda existente para vários tipos de transferências de valor. Por exemplo: transferências internacionais também são bem melhores se forem feitas com o bitcoin ou outras moedas digitais. Caso alguém queira enviar dinheiro para outro país, ela terá que usar o sistema swift, pagará altas taxas e terá que esperar no mínimo dois dias úteis. Com o bitcoin é possível fazem um pagamento ou enviar valor para outro país por menos de 20 reais, esperando apenas algumas horas, caso a rede do bitcoin esteja congestionada. Isto torna o bitcoin uma alternativa bem melhor que o swift.

A utilidade do bitcoin e o interesse crescente em outras moedas digitais, pela necessidade de se comprar o bitcoin antes de outra criptomoeda [VIDEO] em países que tem poucas exchanges, aliado a escasses de oferta da criptomoeda são as causas da grande valoração nesse ano.

Publicidade

Essa apreciação obedece às leis de mercado, o que não configura de forma alguma uma bolha.

Portanto, as análises feitas baseando-se apenas na grande alta experimentada pela criptomoeda não se sustentam em bases sólidas como interferência externa na apreciação do ativo. Além disso, existe uma grande dificuldade em comparar o bitcoin e outras criptomoedas com ativos normais, com valor atrelado a situação econômica e política do país a qual pertence, algo que o bitcoin não tem.

Motivos para acreditar no bitcoin a longo prazo:

Em um mundo com a economia cada vez mais globalizada, onde a necessidade de uma moeda comum é enorme, o espaço para o crescimento da primeira moeda completamente privada, segura e escassa e descentralizada é enorme. O bitcoin deve ajudar muito as empresas que precisam pagar funcionários que vivem em outros países, ou até ajudar a expansão de negócios digitais. Nos próximos meses, algumas mudanças devem melhorar a usabilidade do bitcoin, como o lightning network, que aumentará a capacidade máxima de transações do bitcoin, assim deixando o caminho para uma adoção em massa aberto.

Publicidade

Além disso, as moedas digitais servem como uma proteção contra a inflação em alguns países, e contra uma possível instabilidade politica no longo prazo. Com a crescente desconfiança nas moedas tradicionais, as criptomoedas tendem a ganhar mais espaço ao longo dos próximos anos. #investimentos #moedas virtuais