Nesta quinta-feira (10), o governo federal brasileiro anunciou uma importante decisão para os trabalhadores de todo o país. Através de um comunicado feito em conjunto com a Caixa Econômica Federal, ficou constatado de que houve um #Lucro no dinheiro que estava guardado nas contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS. De acordo com o governo, mais de 80 milhões de brasileiros vão ter dinheiro a dividir e a quantia é superior a R$ 7 bilhões.

Governo anuncia que 88 milhões de brasileiros vão dividir lucro do FGTS: quantia supera os R$ 7 bilhões

É claro que a decisão, rapidamente, animou muitos brasileiros. No entanto, o dinheiro deve ser "minguado" nas contas.

Publicidade
Publicidade

Isso porque apesar da quantia total do "lucro do #FGTS" ser bilionária, ela deve fazer pouca diferença nas contas. A maior parte dos brasileiros vai receber apenas R$ 10. A média do lucro do FGTS, no entanto, chega a R$ 30 para cada trabalhador contribuinte.

Quem pode sacar os lucros do FGTS? Entenda quem tem direito ao benefício anunciado pelo governo

O anúncio da economia foi divulgado em pleno Palácio do Planalto, em Brasília. Tem direito a sacar o Fundo e os seus lucros todas as pessoas que receberiam em "condições normais". Entre elas, está a demissão sem o uso de justa causa e também o fim de contratos que tinham tempo determinado. Na aposentadoria, o trabalhador também tem direito a fazer o saque, assim como quando ele quer comprar uma casa própria.

Quem sacou a conta inativa pode sacar o rendimento?

O presidente da Caixa Econômica Gilberto Occhi disse que quem sacou o dinheiro das cantas inativas, que foi liberado pelo governo, não tem direito a fazer o novo saque, mas sim todos os cidadãos nas situações previstas, como aquelas que foram mencionadas anteriormente.

Publicidade

A maior parte das contas vai receber apenas R$ 10, mas, segundo o presidente da Caixa, muitos trabalhadores tem mais de uma conta.

Mais de 24 mil contas do FGTS receberão mais de R$ 5 mil na repartição dos lucros

Mais de 180 milhões de contas receberão apenas dez reais ou até menos. Outras 47 milhões ficarão no valor que chega até a R$ 100. Os mais privilegiados, que receberão lucros superiores acima de R$ 5 mil, são apenas pouco mais de 24 mil contas. Essa quantia é apenas metade do lucro das contas no ano passado. O rendimento das contas é inferior ao da poupança, que, em 2016, rendeu 8,3%.

E você, o que achou desse anúncio do governo sobre a divisão dos lucros do FGTS? Deixe o seu comentário.