Publicidade
Publicidade

O Bolsa Família é um dos programas sociais mais conhecidos e solicitados pelas famílias brasileiras. Ele foi criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) [VIDEO]em 2003 e tem como objetivo auxiliar famílias que vivem em situação de extrema pobreza.

No entanto, diante da #Crise econômica que o país enfrenta, o atual governo pretende reduzir o número de beneficiários, ressaltando a existência de fraudes. Se você deseja saber como receber o bolsa família, as novas regras ou como não ter o benefício suspenso, não perca nenhum detalhe deste artigo.

Bolsa família cancelado? Saiba o que fazer?

  • Quem tem direito ao benefício?

- Para ter direito é necessário que a família solicitante tenha um cadastro no Cadúnico (Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal [VIDEO]).

Publicidade

- Possuir uma renda mínima de R$ 85 por pessoa, ou ter renda mensal familiar de R$ 85,01 a R$ 170 por pessoa.

- Ter em sua composição gestantes, crianças ou adolescentes com idades de 0 até 16 anos.

  • Como realizar o cadastro?

Para se cadastrar é preciso comparecer a prefeitura de sua cidade e ter em mãos documentos como CPF ou titulo de eleitor do responsável, RG ou certidão de nascimento dos demais membros da família e documentos que comprovem a renda familiar.

  • Qual o valor do Bolsa Família?

Atualmente, o valor básico destinado é de R$ 85 mensais. No entanto, o valor poderá variar. Para famílias com o número de filhos cadastrados, cujo a idade é de 0 a 16 anos e para as gestantes, o valor é de R$ 39 por criança e cada família poderá acumular até cinco benefícios.

  • O que fazer para que o Bolsa Família não seja cancelado ou suspenso?

Para que o benefício não seja cancelado é necessário que o cadastro seja atualizado, com endereço, número de telefone, mudanças nas condições financeiras, mudanças na composição familiar, enfim, qualquer alteração que esteja relacionada às informações do beneficiário.

Publicidade

As atualizações são feitas de dois em dois anos. No entanto, para que não haja imprevistos recomenda-se que o cadastro seja atualizado sempre que necessário.

Caso haja alguma alteração ou o cancelamento do pagamento, compareça a prefeitura de sua cidade e procure o Gestor Municipal do Cadastro Único. Ele poderá lhe reportar o motivo do cancelamento ou da suspensão, como solucionar o problema e se sua família voltará ou não a receber o Bolsa Família. Você também poderá ligar para o 0800 do programa (0800-707 2003).

Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos. #Bolsa Familia #Crise-de-governo