Qualquer dinheiro lícito é sempre bem-vindo nos tempos atuais, principalmente se a verba em questão diz respeito às restituições programadas do #Imposto de Renda de 2017 por parte da Receita Federal.

Pensando nisso e obedecendo o cronograma pré-estabelecido de devolução do #Governo Federal, a mesma Receita citada no parágrafo anterior, abrirá a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda de 2017; sendo que [VIDEO], a 1ª devolução ocorreu no mês de junho deste ano.

As consultas poderão ser iniciadas exatamente às 9h do dia 8 de setembro, sexta-feira, um dia após o feriado nacional histórico da Independência do país.

Publicidade
Publicidade

Os indivíduos que fizeram cabalmente as suas declarações e estão ansiosos aguardando pela devolução da Receita, poderão navegar o site da Receita ou ligar para o Receitafone, que atende pelo número 146.

Essas ações de consulta, a princípio simples e rápidas, possibilitarão que o contribuinte saiba qual é o status da declaração, e poderá descobrir o que mais estão desejosos de tomar conhecimento, a saber, se haverá a devolução do valor esperado para o Imposto de Renda 2017.

A título de esclarecimento, no dia 15 de setembro, sexta-feira, serão liberados os depósitos, cujos valores somados ultrapassam a 2,7 bilhões de reais endereçados a aproximadamente 2,257 milhões de contribuintes, ou seja, o somatório geral representa muito dinheiro para as pessoas e para movimentação da economia do país como um todo.

Vale frisar que do total acima que for liberado, 179,1 milhões de reais dizem respeito ao pagamento das restituições chamada de prioritárias, que são: pagamento dos idosos (40.429) e também dos contribuintes que possuem algum tipo de deficiência (5.026).

Publicidade

Ainda no bojo do 4º lote estão sendo inseridas as restituições residuais dos exercícios dos anos de 2008 até 2016, as quais estavam paradas na já conhecida e temida malha fina.

Sendo acrescido esse último grupo, o somatório do valor liberado pela Receita Federal pula rapidamente para a casa dos três bilhões de reais, favorecendo a quantidade de 2,357 milhões de contribuintes.

Um detalhe importante é que na próxima sexta-feira, a tão aguardada consulta da liberação das restituições do Imposto de Renda 2017 poderá ser realizada por meio dos aplicativos da Receita Federal destinados aos tablets e smartphones.

É importante deixar claro que o aplicativo em si permite fazer a consulta às declarações do IRPF e também a situação cadastral do CPF do contribuinte.

Um ponto de atenção que não pode ser negligenciado é que a restituição será disponibilizada nas agências bancárias [VIDEO]escolhidas previamente pelo período de um ano. Se após o prazo o contribuinte não executar o resgate, ele só poderá fazê-lo via internet.

Publicidade

Orientações básicas sobre a DIRF

Para os indivíduos mais desavisados é importante, antes de mais nada, deixar claro que a DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) tem como principal função o informe dos rendimentos pagos a pessoas físicas, o que ocorre até mesmo com aquelas que são isentas e não tributáveis.

É obrigação primária do cidadão poder informar o valor específico do imposto sobre a renda ou ainda das contribuições retidas na fonte; deverá informar ainda à Receita Federal pagamentos, quitações, créditos, entregas, empregos ou envios de remessas com valor financeiro ou dinheiro em espécie aos residentes ou domiciliados fora do Brasil, e por fim, não podem ser relegados os dados em torno dos planos de assistência à saúde.

Tanto a pessoa física quanto a jurídica que pagou a uma outra pessoa física, retendo com isso, impostos sobre tal renda durante o ano de exercício do calendário, terão de prestar contas junto a Receita Federal.

Uma vez tendo se cumprido todas as regras, e necessidades impostas pelos técnicos econômicos do governo ligados diretamente a Receita Federal, desde o início do processo de declaração do IR até a sua restituição, só resta aos contribuintes aguardar.

Dinheiro não faz mal a ninguém

Especificamente como o 4º lote deste ano será pago em uma sexta-feira, as pessoas que receberem o dinheiro previsto nas declarações, certamente terão um final de semana muito mais prazeroso e alegre, com dinheiro no bolso.