Publicidade
Publicidade

O PIS 2017/2017 começou a ser depositado nesta última quinta-feira (17), na conta dos trabalhadores brasileiros que atuam em empresas do setor privado e cuja a data de nascimento não ultrapassa o mês de agosto. No caso dos servidores públicos, que tem direito ao benefício do PASEP, o depósito, bem como a liberação do valor a ser sacado, ocorrerá primeiro para os trabalhadores cujo o cartão de inscrição terminam com o dígito 1.

De acordo com informações passadas pela Caixa Econômica Federal, os demais trabalhadores com data de nascimento entre os meses de julho e dezembro, receberão o PIS ainda no ano de 2017. Entretanto, os trabalhadores que nasceram entre os meses de janeiro a junho só irão receber o benefício no primeiro trimestre de 2018.

Publicidade

Quantos são os trabalhadores beneficiados?

De acordo com um levantamento realizado pelos bancos responsáveis por efetuar o pagamento dos benefícios, estima-se que 24 milhões de trabalhadores registrados em empresas do setor privado e em organizações públicas, receberão o benefício que varia entre R$78,00 e R$937,00.

Quem tem direito a receber o benefício do PIS/PASEP?

Para que se tenha direito ao abono salarial é imprescindível possuir no mínimo cinco anos de inscrição no PIS/Pasep e ter atuado no mercado de trabalho formal por pelo menos 30 dias no ano de 2016. O valor do benefício está diretamente ligado ao tempo de trabalho e de cadastro e varia de acordo com o número de dias e meses que o trabalhador atuou no mercado de trabalho no exercício anterior.

Porém, só possuir no mínimo cinco anos de inscrição e ter trabalhado no mínimo 30 dias no setor público ou privado não é o suficiente.

Publicidade

Para se ter direito ao benefício, é necessário que o trabalhador possuem renda de até dois salários mínimos. Sendo assim, vale ressaltar que nem todos os trabalhadores têm direito ao abono salarial liberado pelo PIS/PASEP.

Vale lembrar ainda, que os trabalhadores que atuam no setor público, recebem seus benefícios nas agências do Banco do Brasil, diferente dos trabalhadores do setor privado, que sacam o benefício nas agências CEF (Caixa Econômica Federal).

Para que o beneficiário possa sacar o abono é extremamente necessário que o mesmo se dirija a um dos bancos indicado acima e apresente um documento de identificação com foto juntamente com o número do PIS/Pasep.

Caso o benefício seja disponibilizado na Caixa Econômica Federal, o mesmo poderá ser creditado em conta poupança. #pis pasep 2017 #calendário PIS