Os investidores que desejam participar dos fundos de investimento muitas vezes não sabem por onde começar. Isso porque existem diversos tipos de investimento na bolsa de valores brasileira (Bovespa). No entanto, é possível resumir os fundos de investimento em três categorias principais para facilitar o entendimento na hora de aplicar o dinheiro.

1. Fundos Multimercado

De todos os #investimentos este é o que possui maior diversificação. Com os fundos multimercado, é possível operar em praticamente todos os tipos de ativos (moedas, ações, renda fixa e etc).

Os fundos multimercado contém vários tipos de aplicações, desde as mais arriscadas até as mais seguras.

Publicidade
Publicidade

Para quem está começando pode ser uma ótima opção.

As estratégias mais conhecidas no multimercado são:

  1. Estratégia especifica
  2. Estratégia livre
  3. Estratégias juros e moedas
  4. Estratégia long and short
  5. Estratégia trading
  6. Estratégia macro

Cada estratégia possui seus próprios fundamentos que possuem como base o perfil do investidor e seu patrimônio.

2. Ações

Os investimentos em ações são negociados na bolsa de valores. Eles possuem um risco extremamente alto. Entretanto, os ganhos podem chegar na casa dos milhões.

Existem diversas estratégias para investir em ações, mas todas elas se resumem em duas categorias:

  • Analise técnica (onde se observa e toma decisões baseada em gráficos).
  • Analise fundamentalista (utiliza uma observação de notícias e comportamento de mercado).

As ações são recomendadas para os investidores que desejam retorno no médio e longo prazo, assim os riscos são bastante reduzidos.

Publicidade

3. Renda fixa

É recomendado para os mais conservadores porque praticamente não existem riscos envolvidos. São investimentos de longo prazo onde o valor de remuneração pode ser definido antes ou depois da data estabelecida.

Os títulos que são negociados antes da data de validade são chamados de pré-fixados e os que são negociados depois são chamados de pós fixados.

Títulos de renda fixa mais conhecidos:

  • CBD (certificado de depósito bancário)
  • Tesouro direto
  • LCI (letra de crédito imobiliário)
  • LCA (letra de crédito do agronegócio)

Sempre que o investidor compra um título ele está emprestando dinheiro [VIDEO] ao emissor que pode ser um banco, empresa ou o governo.

De forma geral, esses são os tipos de fundo de mercado mais conhecidos. É sempre bom ressaltar que para ter sucesso no mundo dos investimentos o segredo é diversificar. Escolher uma boa corretora e procurar ampliar os conhecimentos no mercado financeiro também faz toda a diferença. #Imposto de Renda #Economia Caseira