Publicidade
Publicidade

Leila Pereira é a principal investidora da entidade Sociedade Esportiva #Palmeiras, pois a mesma é dona da Crefisa e Faculdade das Américas, e há alguns anos decidiu que iria fazer o maior investimento econômico em um clube de #Futebol na América do Sul. Desde então, a diretoria do Palmeiras vem utilizando muito dinheiro para fazer contratações de peso.

Na última temporada, os dirigentes do Verdão contrataram muitos jogadores que ajudaram o time a vencer o Atlético Nacional e ser campeão da Copa Libertadores da América. Esses foram o colombiano Miguel Borja e o venezuelano Alejandro Guerra. Ambos não ficaram como titulares fixos na equipe, só agora que Borja vem sendo titular.

Publicidade

Por isso, para o ano que vem, o dirigente do Palmeiras [VIDEO], Alexandre Mattos, que é o responsável pelas contratações do clube, já deseja ser mais minucioso em suas cartoladas para essa temporada. O diretor de futebol já analisa setores em que o Verdão precisa de jogadores para compor o elenco e montar um time mega competitivo para o ano que vem.

O primeiro reforço que o Palmeiras está mirando para fazer um grande investimento é o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que atualmente está jogando pelo Cruzeiro. O jogador deve aproveitar um pouco da economia e investimento que a Crefisa faz no futebol porque é tratado como prioridade pelo clube, já que o elenco palmeirense está sem um jogador da posição. Egídio está em fim de contrato e não deve renovar, além de ser muito criticado pela torcida.

Publicidade

A outra prioridade do clube é o goleiro Weverton, que está atualmente no Atlético Paranaense, e o mesmo também deve receber um bom salário. A equipe já mira um investimento em um goleiro porque Fernando Prass e Jaílson já têm idades avançadas.

O Verdão [VIDEO] também deseja contratar alguns craques, mesmo com essa técnica de contratar grandes nomes não estar dando certo em 2017. A diretoria do Palmeiras já faz uma grande sondagem pelo meia Lucas Lima, que está atuando pelo Santos, mas não vem sendo muito bem recepcionado pela torcida por conta de suas últimas atuações.

Esses são os três principais investimentos que o Palmeiras pretende fazer para reforçar a temporada de em 2018. Os nomes citados são apenas interesses e muita coisa pode mudar por causa do forte apoio econômico da Crefisa. Há a possibilidade de grandes nomes pintarem no Verdão, mesmo sem terem sido anunciados interesses oficiais.

A ideia é contratar jogadores que cheguem com condições de tornarem-se titulares.