Publicidade
Publicidade

Todo ano o governo libera o pagamento do programa PIS/#PASEP, que é nada mais do que o conhecido e popular 14º salário para funcionários públicos e privados que recebem um cota de até dois salários mínimos ao ano. Assim, o cronograma é liberado, e para os funcionários que têm conta no #Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal, o resgate em conta corrente é automático e não necessita de liberação do conveniado beneficiário.

O programa está incluído na lei trabalhista desde 1988, quando iniciamos a vigência de uma nova Constituição Federal que regia sobre todos os assuntos que eram importantes ao momento. Para ter direito ao benefício PASEP/PIS, o funcionário da entidade pública ou privada não pode ganhar mais do que o valor de R$ 1890,00 mensais.

Publicidade

Caso ultrapasse este limite, todo e qualquer funcionário perde o direito ao benefício do governo.

Os saques são enquadrados de acordo com a modalidade de trabalho do trabalhador. Para aqueles que são concursas em quaisquer uma das esferas (municipal, estadual ou federal), o pagamento é realizado via conta corrente ou saque no caixa das agências do Banco do Brasil. Só e somente este banco tem acesso ao registro de pagamentos do PASEP para funcionário público.

Já no que diz respeito aos funcionários que são de entidades privadas que se adequem ao valor previsto pela lei vigente, o pagamento se dá pelo mesmo modo aplicado sob o Banco do Brasil, entretanto, o banco responsável é a Caixa Econômica Federal.

Para ambos os saques, o beneficiário necessita levar a carteira de identidade e, se possível, a carteira de trabalho com o número do programa PIS/PASEP

Calendário de pagamentos

Os pagamentos [VIDEO]referente ao ano de 2017 começarão já no próximo dia 24/01/2018.

Publicidade

Neste caso, os beneficiários que possuem mais de 60 anos já terão o direito de receber o benefício via Caixa [VIDEO]de atendimento humano em qualquer agência dos bancos responsáveis pelo crédito. No caso dos beneficiários que possuem conta no banco de destino, o saldo já será liberado no dia 22/01/2018, dois dias antes do previsto pelo calendário original.

Para saber se você tem direito ao benefício basta fazer a soma do salário que você recebe mensalmente e, caso esteja dentro do teto em 2017, é necessário apenas se dirigir à agência mais próxima.

Lembrando que os beneficiários que possuem o benefício de outros anos têm o direito de recebê-lo em até 1 ano e meio após a liberação do pagamento. Além disto, para ter direito ao benefício, o trabalho já deve ter acumulado 5 anos de carteira. #PIS 2017