Constantemente, mais e mais crianças, de todas as idades, passam a utilizar tablets, smartphones e computadores. Até um certo ponto, isso pode ser uma excelente forma de aprendizado. A #Internet pode ajudá-las a desenvolver seus conhecimentos, e obter novos aprendizados.

Porém, todo esse aprendizado poderá ir por água abaixo se não houver uma boa supervisão dos pais, ou seja, tudo isso poderá se tornar um grande perigo para as crianças, podendo afetá-las para sempre.

Para evitar esse problema, confira algumas #Dicas abaixo:

REDES SOCIAIS: Podem ser um benefício para as crianças, ou um malefício, dependendo da forma como é utilizada. Há muitos pais que até proíbem o uso, por acharem uma péssima ideia para seus pequenos, e as restringem até uma certa idade estipulada por eles.

A ideia basicamente é essa: restringir até que tenham uma idade para saber o que pode e o que não pode, e, depois de autorizado, ter uma supervisão “full time” e estar sempre orientando-os sobre tudo o que pode ocorrer ao navegarem na WEB, como: pessoas mal intencionadas, pedófilos, estelionatários, ladrões, racistas, dentre outros.

Os pais não devem ter medo de pedir aos seus filhos que mostrem suas conversas no Facebook e no WhatSapp. É melhor um atrito momentâneo do que deixar filhos expostos, e sem supervisão, a tudo aquilo que há de ruim na internet.

Veja tudo o que eles postam em suas redes, sobretudo, saiba quem são os "amigos". Porque seu filho tem um amigo mais velho do que ele, que não é conhecido da família? Verifique! Converse, não deixe nada passar em branco. Todo cuidado, neste caso, é pouco.

WEBSITES: Verifique constantemente o histórico dos sites que seus filhos visitam e, se eles apagam o histórico constantemente, isso tem um motivo e, provavelmente, estão escondendo algo. Converse com eles sobre isso. Existem sites adultos que são muito prejudiciais. Nestes portais, eles terão experiências catastróficas, e isso “matará” a inocência deles, algo que não pode acontecer.

Este artigo traz apenas alguns de todos os males da internet. Oriente sempre seu filho a agir do melhor modo. #Blasting News Brasil