A filosofia Waldorf de ensino, baseada nos conceitos da Antroposofia,  tem crescido no Brasil, devido ao surgimento de novas escolas que utilizam dessa metodologia de ensino e #Educação.

Mas o que é a Educação Waldorf? É uma filosofia educacional baseada na Antroposofia, de Rudolf Steiner, que dá ênfase ao papel da imaginação no aprendizado, buscando integrar os desenvolvimentos intelectuais, práticos e artísticos das crianças de maneira holística.

Antroposofia é uma filosofia cientifica espiritualmente orientada que reflete as questões espirituais básicas da humanidade, nossas necessidades artísticas, a necessidade de relacionamento com o mundo fora de uma visão científica exclusiva e a necessidade de relacionamento com o mundo em completa liberdade baseada no julgamento e decisões individuais de cada pessoa. Primariamente definida por seus métodos de pesquisa e depois pelas possibilidades de conhecimento e experiências a que essas pesquisas individuais levam.

Para uma criança, ou bebê no caso de berçários, que parte para uma educação Waldorf, música, dança, theatro, escrita, literatura, lendas e mitos não são apenas assuntos para serem estudados com leituras, mas são experimentados no dia a dia da escola. O objetivo principal dessa metodologia é cultivar o amor pelo aprendizado tanto quanto as capacidades intelectuais, físicas, emocionais e espirituais pela vida afora, para que cresçam como indivíduos que saibam qual seus caminhos para que estejam a serviço de um mundo melhor.

Quando se conhece uma Escola Waldorf, algumas primeiras impressões são marcantes, talvez a mais importante seja o entusiasmo e comprometimento de seu corpo docente. Os professores estão interessados nos estudantes como indivíduos, não como números. “Como conseguiremos orientar cada criança em seu caminho único para atingir sua excelência em níveis acadêmicos?” “Como criarmos entusiasmo para o aprendizado e trabalho, um auto conhecimento saudável, cuidado e interesse por outros seres humanos e respeito pelo mundo em que vivem?” “Como ajudar aos alunos a descobrirem sentido e significado em suas vidas?” – essas são perguntas que professores Waldorf se fazem no dia a dia de seu trabalho.

A dedicação em gerar um entusiasmo interior pelo aprendizado nas crianças é alcançada de várias maneiras, temas são apresentados de uma forma pictórica e dinâmica, eliminando assim a necessidade de testes competitivos, colocações acadêmicas e recompensas para a aprendizagem comportamental.

O currículo Waldorf é amplo e compreensivo, pensado para trabalhar as três fases de desenvolvimento das crianças, chamadas de setenios. Do nascimento a aproximadamente 6 ou 7 anos, dos 7 aos 14 anos, e dos 14 em diante.

A compreensão e habilidade em prover às crianças um apoio significativo dentro de cada fase em que ela se encontra e de oferecer conteúdo apropriado a elas irá possibilitar um crescimento físico, mental e intelectual saudável das crianças.

Escolas Waldorf nunca se instalam em prédios de concreto, buscam uma relação com a natureza. Muitas vezes estão em áreas rurais, sítios ou pelo menos em imóveis que tenham áreas verdes para acesso das crianças. O convívio com a #Natureza  é fundamental para o desenvolvimento do ser humano de acordo com a Antroposofia, e as escolas Waldorf sempre proporcionam isso a seus alunos. #Alimentação Saudável