A #Medicina até aproximadamente 300 a.C. não tinha se tornado um grande tema na Grécia Antiga, mas daí surge Hipócrates que auxilia diretamente no entendimento de várias doenças e o que é mais importante, de como curá-las. Por isso ele é comumente chamado de o pai da medicina. Entretanto, a medicina da Grécia Antiga se baseou muitas vezes em teorias já existentes e criadas por pessoas que antecederam Hipócrates, como, por exemplo, Pitágoras ou mesmo antes disso, pode se afirmar por meio das pesquisas, de que os métodos de cura dos gregos percorreram os caminhos da mitologia. 

Enfim, mitologia e medicina juntas na Grécia do passado só vêm a comprovar que as pessoas da época já estavam preocupadas com seus corpos. De modo geral, havia a crença de que a medicina era uma arte divina doada pelos deuses aos homens. Na mitologia grega, Gaia que é a deusa que deu origem a terra, também representa a cura; enfim, os gregos acreditavam que ao viver de modo sinérgico com a terra, poderiam permanecer saudáveis. Há outros deuses correlacionados com o estado de cura como Apolo, Hygeia e Hermes. 

Na realidade, quando os gregos se interessaram pela medicina como uma matéria realmente acadêmica, os egípcios estavam na frente no que diz respeito aos conhecimentos e avanços conquistados, o que equivale a dizer que os gregos evoluíram os feitos médicos dos egípcios. Médicos egípcios escreveram seus estudos, conclusões e receitas em papiros que de algum modo chegaram até aos gregos, onde os médicos desse último povo, não só conseguiram aprender dos seus “colegas “ egípcios, mas também aperfeiçoá-los. 

Alguns dos médicos pioneiros na Grécia antiga que tiveram forte impacto no desenvolvimento da medicina são: 

  • Pitágoras: mais conhecido como matemático, também foi um médico que viajou por toda a Grécia com o objetivo de curar os doentes;
  • Empédocles: criou a Teoria dos Quatro Elementos, que diz que as coisas do universo são compostas de fogo, ar, terra e água;
  • Tales: defensor da teoria de que a vida tem como fonte de origem a água ou a “biogênese";
  • Alcmaeon: fundou a teoria metabólica da atualidade ao enunciar que quando os sistemas do corpo estão fora de sincronia, as doenças têm maior chance de se manifestar. 

Embora os trabalhos desses pioneiros não possam ser esquecidos, foi realmente Hipócrates o 1.º a conceber a medicina como uma disciplina de fato racional, pois antes dele, a maior parte dos médicos acreditava que a cura tinha a sua origem no universo da magia e do transcendental. 

Já Hipócrates revelou acreditar que a #Doença era algo natural e para combater a patologia, o médico deveria estimular os sistemas corporais diversos, isto é, o alvo era sensibilizar o corpo, propiciando o retorno ao estado de harmonia, o que traria a cura. Hipócrates falou a famosa frase: "deixe o alimento ser sua medicina e a medicina ser seu alimento", que melhor entendida significa que: os hábitos diários das pessoas, como o que comem, determinam o estado geral de saúde das mesmas. 

Até hoje, a influência de Hipócrates prevalece entre a classe médica. Os médicos antes de serem homologados na prática da medicina, recitam o juramento de Hipócrates, que nada mais é do que a descrição de um padrão ético seguido pelos profissionais contemporâneos. #Hospital