Inscrições já estão abertas para a àrea de Humanas e Ciências Sociais na Universidade Nova de Lisboa. O foco para a entreda no programa é de mestres que sejam formados nas áreas mencionadas. A Universidade Nova de Lisboa tem tradições nos estudos das Humanidades desde que foi fundada, em 1973. A universidade tem um projeto de expansão e de diversificação, no qual busca ampliar o modelo de #Educação superior português. 

Pré-requisitos    

Espera-se do candidato que possua todos os requisitos prévios antes de se inscrever a uma vaga no programa. O candidato deve possuir um diploma de Mestrado em alguma das áreas mencionadas. É necessário também possuir experiência no seu campo de atuação; deve apresentar prova de ter competência atuando como pesquisador, classificador e organizador de informações históricas. É importante também possuir alguma experiência divulgando essas informações históricas.

Como funciona a bolsa e como se inscrever

Aqueles que forem aprovados pelo programa da Universidade Nova de Lisboa contam com o valor de 980 euros mensais oferecidos pela bolsa. O máximo de tempo de #Curso que o aluno pode realizar é de um ano (12 meses).

Todos aqueles candidatos interessados em concorrer a uma vaga devem enviar um email ao departamento de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Como assunto, o candidato deve escrever: "Candidatura a bolsa - Investigação para Mestre". No ato de envio do email, devem ser também enviados, anexados, o currículo, documentos que comprovem a experiência do candidato e os devidos certificados.

Aqueles que passaram no processo seletivo devem ter em mente a filosofia da Universidade e se comprometer a apresentar uma pesquisa final nas linhas de estudo e investigação oferecidas pelos orientadores. A experiência pretende enriquecer o diálogo entre pesquisadores das Ciências Sociais. 

Não deixe de conferir outras oportunidades de estudo no exterior. A Alemanha atualmente tem vagas para bolsa de estudo em aberto. Confira também como se candidatar a uma bolsa de estudo na Dinamarca. #Trabalho