As notas dos Exame Nacional do Ensino Médio estão disponíveis para consulta desde sexta-feira (8), e as inscrições do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), foram abertas hoje (11) e vão até o dia 14.

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o desempenho em matemática foi destaque, tendo nota máxima de 1008,3 - a maior nota já obtida no exame - , superando os 973,6 pontos obtidos em 2014; a mínima foi de 280,2. 

A prova de ciências da natureza vem logo em seguida, com a nota máxima de 875,2 e mínima de 334,3. Ciências humanas, chegou a 850,6, com mínima de 314,3. Já a prova de linguagens e códigos não superou a nota de 825,8, e a nota mínima foi de 302,6.

Método de correção

As provas objetivas do #ENEM, são corrigidas de acordo com o TRI (Teoria de resposta ao item), um método que analisa as questões que o aluno respondeu de forma correta e dá um peso para cada acerto. 

As perguntas são divididas em grupos (fáceis, médias e difíceis). Caso um participante acerte mais perguntas difíceis e erre mais fáceis, será considerado chute e sua nota na matéria específica será menor.

SISU 2016

O Sistema de Seleção Unificada abriu hoje (11) as inscrições - que vão até às 23h59 do dia 14 de janeiro - para quem participou da última edição do Enem e obteve uma nota acima de 0 na prova de redação.

No site é necessário informar o número de inscrição e a senha que usou para realizá-la, depois é possível escolher até duas opções de curso, dando mais importância para a primeira. 

Nesta edição seram disponibilizadas 228 mil vagas em 131 instituições públicas. A primeira, e única chamada regular, sairá dia 18 de janeiro e quem for selecionado deverá realizar a matrícula entre os dias 22, 25 e 26 de janeiro.

Como não haverá mais que uma chamada, os participantes poderão realizar a inscrição na lista de espera para a primeira opção de curso (apenas), de 18 a 29 de janeiro.  A convocação da lista de espera pelas instituições começa a partir do dia 4 de fevereiro. #Educação