Os estudantes interessados em fazer as inscrições no ProUni 2016 no primeiro semestre já podem se candidatar às vagas disponíveis entre os dias 19 e 22 de janeiro de 2016. O programa #universidade Para Todos, do Governo Federal, oferece milhares de bolsas de estudos em curso de graduação em universidades e faculdades privadas de todo o Brasil.

A primeira chamada deverá ser divulgada no dia 25 de janeiro. Já a segunda chamada do ProUni 2016 deve acontece no dia 12 de fevereiro de 2016. Para participar é necessário que o candidato tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2015 e tirado nota superior a 450 pontos e não ter zerado na redação.

As bolsas de estudo fornecidas pelo ProUni 2016 podem ser parciais – 50%; ou integrais – 100%. Para concorrer a uma bolsa de estudos integral o candidato precisa ter cursado o ensino médio em escola pública ou como bolsista em escolas particulares. Além disso, a renda bruta do aluno não pode ultrapassar o valor de 1,5 salário mínimo por pessoa. (R$ 1.320). Por exemplo, caso uma família seja composta de 5 pessoas, a renda total não pode ultrapassar R$ 6.600.

Já a inscrição para a bolsa de estudos parcial do ProUni 2016, de 50% do valor do curso escolhido, a renda familiar bruta por pessoa não pode ser maior que 3 salários mínimos (R$ 2.640). Há também a opção do estudante que conseguir uma bolsa parcial – de 50% - do ProUni 2016, financiar a outra metade do curso pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Pessoas com algum tipo de deficiência e professores da rede pública de ensino também podem realizar inscrição no ProUni 2016 sem precisar cumprir os requisitos mínimos de renda. No caso dos professores, a exigência é liberada apenas para os cursos de licenciatura.

Como fazer a inscrição no ProUni 2016?

No ato da inscrição, o estudante que pretende concorrer a um bolsa pelo ProUni 2016 pode escolher até duas opções de cursos de graduação. As inscrições serão realizadas apenas pela internet no site  http://siteprouni.mec.gov.br. Caso o candidato não seja escolhido nem na primeira e nem na segunda chamada, terá a chance ainda de concorrer a uma bolsa por meio da lista de espera, que ocorre no período de 26 a 29 de fevereiro de 2016. #Educação #Bolsa Universidade