Quem não conseguiu uma das 228 mil vagas ofertadas pelo SISU- Sistema de Seleção Unificada, poderá recorrer às vagas ofertadas pelo Prouni- Programa Universidade para Todos. As inscrições serão abertas no dia 19 de janeiro e encerradas as 23hs59min do dia 22 de janeiro. A primeira chamada acontecerá dia 25 de janeiro e as matrículas de 25 de janeiro e 1º de fevereiro. A segunda chamada será em 12 de fevereiro e as matrículas até dia 18 do mesmo mês.

Para se inscrever no Prouni o aluno deverá ter feito o Enem- Exame Nacional do Ensino Médio, em 2015, sendo este um dos principais requisitos. As vagas ofertadas são para instituições particulares de ensino superior, as bolsas pode ser integrais (100%) ou parciais (50%).  O candidato a bolsa não pode ter diploma de terceiro grau. O programa foi criado pelo #Governo Federal em setembro 2004, através de medida provisória divulgada em Diário Oficial da União.

Para se inscrever no programa o aluno precisa atender algumas exigências do MEC- Ministério da #Educação:

Ter aproveitamento igual ou superior a 450 pontos no Enem 2015 e não ter zerado a redação.

É necessário também enquadrar-se em algum dos requisitos abaixo.

- Ter estudado todo o ensino médio em escola pública, ou como bolsista integral em escola particular.

- Ser Portador de deficiência

Ser professor de escola municipal, e concorrer a vagas de licenciatura.

- Ter renda per capita familiar de até um salário mínimo e meio, para bolsas integrais, para bolsas parciais até três salários mínimos per capita.

A inscrição para o programa serão feitas  exclusivamente pela internet no portal do MEC http://siteprouni.mec.gov.br/, o candidato precisa do login e da senha da inscrição do Enem.

O candidato poderá se inscrever em até dois cursos indicando a ordem de preferência, o tipo de bolsa parcial ou integral, se possuiu alguma deficiência ou enquadra-se nas cotas para, pardos, pretos ou índios.

Mais informações podem ser obtidas no edital completo do Prouni, disponível no Diário Oficial da União.