A prova do ENEM 2015 foi considerada mais difícil e conteudista que suas versões anteriores, pois a prova cobrou assuntos específicos e haviam poucas questões que exigiam apenas interpretação de texto. Para muitos, o ENEM 2015 ficou parecido com as provas tradicionais que são mais cansativas e exigem um preparo muito maior dos estudantes. Nessa edição foram cobrados muitos assuntos de sociologia e filosofia, disciplinas que são consideradas fracas no Ensino Médio das escolas públicas.

Com a mudança no perfil da prova ficou difícil ter uma ideia do próprio desemprenho. Embora o gabarito oficial tenha sido divulgado alguns dias depois da aplicação do ENEM 2015, as questões tem pesos diferentes. Com o sistema TRI as questões acertadas consideradas fáceis acabam valendo mais, pois se o aluno erra uma questão fácil e acerta uma questão difícil o sistema entende que ele só acertou a questão difícil por ter chutado, ou seja, que ele não tinha conhecimento verdadeiro sobre o assunto cobrado.

Fora isso, a correção da redação também pode ser considerada uma caixinha de surpresas, pois de certa forma depende da visão do professor que está corrigindo. Para que não haja erros, a redação é corrigida por dois professores diferentes, em caso da diferença da nota dada por um professor e outro ser maior que 100 pontos, a redação passa pela correção de um terceiro revisor. 

O MEC já informou que as notas individuais juntamente com a nota da redação estarão disponíveis para consulta a partir de amanhã, dia 8 de janeiro. As duas notas serão divulgadas juntas por uma determinação judicial, mas o INEP ainda pode recorrer e conseguir mais prazo para divulgar as notas das redações. Apesar disso, no calendário oficial do Mec as inscrições para o Sisu já começam no próximo dia 11.

No portal oficial do Sisu está disponível para consulta a quantidade de vagas disponíveis em cada universidade pública que aderiu ao Sistema de Seleção Unificada sem a cobrança de aprovação em outro tipo de #Vestibular. Com a nota do ENEM 2015 será possível se candidatar para o Sisu e para o Prouni. #Educação #Curso