Quase três milhões de brasileiros realizaram suas inscrições para a primeira etapa do Sisu. O programa distribui vagas em diversas universidades federais no país e divulgou a lista de aprovados nesta segunda-feira (18). Os alunos inscritos podem consultar o resultado através do site do exame.

O Sistema de Seleção unificada conhecido pela sigla Sisu distribui centenas de vagas em todo o Brasil. para se candidatar o aluno deve ter realizado o último Exame Nacional do Ensino Médio - #ENEM, em 2014. As inscrições foram abertas no início do mês de janeiro e nesta segunda teve os seus resultados divulgados.

Para acessar o resultado o aluno deve entrar no site do enem e inserir o seu número de inscrição no teste. No Sisu, cada aluno podia optar por duas instituições e cursos onde prevalecia aquele em que sua nota fosse maior respeitando a ordem de inscrição do aluno. 

Muitos alunos foram aprovados em suas primeiras opções gerando a alegria de muitos internautas que compartilharam suas conquistas em seus perfis nas redes sociais. Dezenas de universidades disponibilizaram vagas em diversas áreas incluindo o curso mais disputado no país, de medicina.

A nota de corte, conhecida por ser a nota mínima para o candidato ser aprovado poderia ser consultada até o último dia de inscrição. Caso não tenha sido aprovado, o exame contará com outras fases com vagas remanescentes, isso porque, muitos alunos não realizam suas inscrições e a vaga é ofertada novamente em outra fase do programa.

Inscrições para o Sisu

Os alunos aprovados no Sisu podem se inscrever nos dias 22,23 e 25 de janeiro na sede das Instituições onde foram aprovados. Devem apresentar os documentos obrigatórios para a matrícula e aguardar o início das aulas, onde cada instituição possui o seu calendário próprio.

Para os alunos que não foram aprovados nesta fase o Sisu deve abrir, após o período de matrícula, uma nova fase. Além disso os alunos podem aguardar pela abertura do Programa Universidade para Todos - ProUni ofertará bolsas em instituições particulares. Essas vagas são voltadas á alunos de baixa renda oriundo de escolas públicas.

Mais oportunidades

Outro recurso disponibilizado pelo Governo Federal da presidenta Dilma Rousseff que democratizou o acesso a universidade brasileira através de programas como o Sisu, o ProUni e as cotas para negros e pardos, é o Fies. O programa visa o financiamento de alunos em instituições particulares onde o aluno pode conseguir financiamento total ou parcial da mensalidade do curso. O pagamento é realizado após o aluno concluir os estudos e possui pequenas taxas. O Fies é uma alternativa para os estudantes que não conseguirem nenhuma vaga nas etapas de seleção que acontecerão até março dos diversos programas do Ministério da #Educação. #Vestibular