O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) divulgou à 0h desta quinta-feira, 14 de janeiro, as últimas notas de cortes para os cursos disponíveis nas universidades estaduais e federais que adotaram o sistema como seleção para o ingresso em cursos de graduação ou tecnológicos. As notas de cortes, que já podem ser consultadas no portal de inscrições do Sisu, indicam a menor nota do ENEM necessária para que o estudante tenha a chance de ficar entre os candidatos que podem ser selecionados na vaga desejada. São 228 mil vagas disponíveis num total de 131 instituições de ensino superior gratuito.

Quem deseja concorrer a uma vaga numa universidade pública através do Sisu deve correr - as inscrições vão até as 23h59 (horário de Brasília) desta quinta-feira (14). Quem mora nos estados com horário de verão ou com fuso horário devem ficar de olho no horário de fechamento antecipado do portal de inscrições. Segundo o MEC, até a última quarta-feira (13) o Sisu já registrava mais de 2 milhões de inscritos.

Para garantir uma vaga, o estudante precisa ficar atento à nota de corte. O Sisu permite que o inscrito mude opção de curso e universidade quantas vezes quiser até o prazo final. Faltando poucas horas para as possibilidades de alterações se encerrarem, este é o momento certo para decidir qual curso deseja definitivamente arriscar.

Não classificado, com nota de corte muito alta

Se a nota de corte estiver muito alta em relação à sua nota, que não está entre os classificados, a melhor opção é mudar de curso e procurar um em que sua nota seja maior que a nota de corte, garantindo pelo menos no dia de hoje sua vaga (posteriormente, uma pessoa pode se inscrever no mesmo curso com uma nota mais baixa e no resultado final sua posição ser rebaixada ou até ficar de fora do curso).

Desclassificado, com nota de corte próxima

Se você não conseguiu se classificar para as vagas disponíveis do curso mas a nota de corte é muito próxima à sua, você tem duas opções: mudar de curso ou manter sua inscrição e contar com a sorte, já que pessoas podem desistir ainda durante o período de inscrições do Sisu ou posteriormente, na fase de matrículas, podendo você ser chamado para ocupar vagas remanescentes na segunda ou posteriores chamadas.

Lista de espera

Conseguindo ou não se classificar em algum curso neste último dia de Sisu, é importante que o estudante declare que tem interesse em ficar na lista de espera. Caso não seja classificado mas no período de matrícula algum estudante desista do curso ou tenha passado em outra opção, já que é possível escolher duas, você tem chances de ser chamado.

Vale lembrar também que várias universidades tem vaga sobrando. Uma pesquisa rápida no sistema do Sisu vai mostrar onde há vagas ociosas.

Confira no vídeo abaixo dicas para se dar bem no Sisu 2016:

#Educação #Vestibular #ENEM