A maioria da população mundial está hoje nas áreas urbanas e a preocupação com a alimentação saudável é uma constante. A horta escolar é uma ótima estratégia para incentivar aos alunos a consumir alimentos saudáveis.

Além disso, ter uma horta na escola disponibiliza uma gama de benefícios no aprendizado na comunidade escolar.  Alguns cuidados são essenciais para a construção e o desenvolvimento da horta na escola. Abaixo elencamos cinco passos para ajudar na #Educação ambiental:

1- Elaborando um projeto de uma horta

O projeto da horta é o primeiro passo para a construção da horta na escola. É nele que ocorrerá todo o planejamento e cronograma de execução das atividades: Onde será o local da horta? Como irei fazer o canteiro? Será no chão? Será suspensa? Quais os tipos de materiais irei precisar? Será possível compartilhar as responsabilidades dos alunos e professores com a horta? O recurso para a elaboração da horta está no orçamento da escola?

 2- Escolha do local

A escolha do local é um passo muito importante. É nele que as plantas irão se desenvolver e deve apresentar as seguintes características: boa luminosidade, terra "fofa" (solo fértil e revolvido), disponibilidade de água para irrigação e local de plantio (canteiros, pneus, vasos, garradas pets, cesto de mulch

 3- Ferramentas

Algumas ferramentas são essenciais para o manejo do solo e das hortaliças. É necessário verificar o tipo de material que compõe os utensílios e a idade das crianças, pois dependendo do tipo de ferramenta pode machucar: ancinho, carrinho de mão, enxada, regador e sacho são algumas ferramentas utilizadas no manejo da horta.

 4- Preparando o canteiro

O canteiro da horta precisa ser preparado com antecedência. Disponibilizem pelo menos duas aulas para elaborarem um plano de manejo para a horta. Esse é o inicio da execução do projeto da horta. Explorem as formas geométricas para a disposição dos canteiros no chão, faça placas de identificação para as hortaliças e escolha plantas variadas. Procurem escolher as hortaliças de acordo com o clima da região e com a época do ano

 5- Como plantar

O plantio na horta escolar pode ser iniciado com mudas ou sementes. Geralmente a média de desenvolvimento das hortaliças variam entre 60 a 120 dias, desde o plantio da semente à fase adulta. Um berçário é ideal para a germinação das sementes. É observando o desenvolvimento das sementes que as crianças terão contato com todas as fases do crescimento da planta. 

O momento do transplante da muda para o canteiro é quando atingir entre 15 cm a 20 cm. O espaçamento entre as plantas deve ser de acordo com a espécie. A horta deve ser regada duas vezes ao dia, preferencialmente no início da manhã e no final da tarde. Entretanto a quantidade de vezes para regar as plantas varia de acordo com cada região. O solo não pode ficar encharcado para evitar, evitando assim o aparecimento de fungos e morte das plantas. O adubo tem que ser colocado sazonalmente e sempre que houver necessidade de reciclagem dos nutrientes. Fazer uma composteira ou minhocário é uma ótima dica para adubar o solo.

Leia mais: 

Flora amazônica corre o risco de extinção

TERMINAL UM DO PORTO DE SANTOS SOFRE VAZAMENTO DE GÁS QUE GERA NUVEM TÓXICA #Sustentabilidade #Alimentação Saudável