Se você tem interesse em morar e estudar no exterior e tem ensino superior em medicina, fique atento a essa oportunidade. A Universidade de Aalborg, localizada na região norte da Dinamarca, está oferecendo bolsas de mestrado em medicina com especialização industrial.

As bolsas são oferecidas para estudantes do Brasil, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Índia e Japão. Além de cobrir a anuidade da universidade, na bolsa também está incluído um auxílio mensal de cerca de 1200 euros. O #Curso é ministrado em inglês e tem a duração de dois anos. A programação inclui aulas na universidade, pesquisas em uma empresa farmacêutica e no Hospital Universitário.

Pré-requisitos

Os interessados devem comprovar proficiência em inglês e ter bacharelado em Medicina, Biotecnologia, Medicina Molecular ou afins, com experiência ou ênfase comprovada em bioinformática. Os interessados de outras áreas também podem se candidatar - a equipe de seleção analisará o histórico acadêmico e profissional para avaliar se o candidato pode ser admitido. A universidade pode estipular requisitos relativos a realização de exames adicionais antes do início do curso.

A proficiência em inglês deve ser comprovada através de certificados IELTS, TOEFL ou teste de Cambridge com a pontuação mínima abaixo (que se compara ao nível B dinamarquês): 

  • IELTS (teste acadêmico): 6.5
  • TOEFL (em papel): 560
  • TOEFL (online): 88
  • Cambridge Certificate of Proficiency (CPE)
  • Cambridge First Certificate com grade B
  • Certificate in Advanced English (CAE)

Inscrições

As inscrições devem ser feitas online através do STADS-DANS (sistema de candidatura digital nacional dinamarquês) até o dia 1º de abril. As aulas começarão no segundo semestre (em setembro de 2016).

Todas as informações sobre o processo de seleção e sobre o programa estão detalhadas no site da Universidade de Aalborg.

[+]

A Alemanha está oferecendo bolsas de mestrado de graça e a Holanda está oferecendo bolsas de estudo parciais e integrais (de graduação a mestrado) exclusivas para brasileiros#Europa #Bolsa Universidade