O interessado em fazer parte do IsF (Idiomas sem Fronteiras) poderá agendar o TOEFL, teste que ajuda a medir o nível de inglês do participante, a partir do dia 11 de fevereiro. As inscrições seguirão até o dia 27 de julho. É importante ressaltar que sem essa avaliação, nem mesmo se enquadrando no perfil, o candidato consegue realizar o cadastro, uma vez que esse critério é obrigatório.

A inscrição pode ser feita diretamente no site do IsF, no menu Teste de proficiência. No ato, o pretendente deve informar o número do CPF e digitar a senha. Após clicar em “autenticar”, ele, automaticamente, é redimensionado para uma página informando sobre os CA (Centros Aplicadores). Em geral, em universidades federais.

Ao selecionar a unidade, o requerente clica para obter o resultado. Ou seja, fica por dentro da disponibilidade de dias e horários, assim pode escolher a data que melhor se encaixar na sua agenda. Na própria página, até mesmo aqueles que não se lembram da senha têm a chance de recuperá-la. O processo é bem simples, rápido e nada burocrático.

Quem pode fazer?

O IsF é um programa destinado aos estudantes devidamente matriculados em alguma instituição de ensino superior, seja ela privada ou pública. Também se estende aos técnicos administrativos de faculdades pagas ou não, professores e alunos de pós-graduação no formato stricto sensu. Neste último caso, faz-se necessário verificar se o #Curso atende aos requisitos estabelecidos pela CAPES.

Vantagens do Idiomas sem Fronteiras

O candidato tem a possibilidade de escolher cursos presenciais ou online (My English - MEO), isso sem pagar nada. Atualmente, os alunos podem contar com cursos de inglês e francês, no entanto, o MEC (Ministério da #Educação) já estuda inserir outras línguas como alemão, japonês, italiano. Vale ressaltar que o Programa é basicamente o passaporte para o Ciência sem Fronteiras, iniciativa que permite aos estudantes realizarem intercâmbios.

No MEO, o aspirante precisa de uma média de 600 pontos, conquistada no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Entretanto, nos cursos presenciais não há esse tipo de exigência, inclusive, nem é cobrado o Enem com parte do processo. Contudo, é importante destacar que os participantes desse sistema entram para a lista de prioridade.

Conhece alguém querendo fazer parte do Idiomas sem Fronteiras? Compartilhe essa informação, avisando que a inscrição para o TOEFL já vai começar. #Governo