Adquirir a tão sonhada proficiência em italiano pode estar mais perto do que se imagina. Isto porque, diversas plataformas digitais oferecem planos de estudo personalizados que atendem às necessidades dos estudantes. Entre elas, o #Curso virtual ‘Dire, Fare, Partire!’, oferecido pela Universidade de São Paulo (USP), é uma das opções que reúne um material didático interativo que vai desde o nível básico até o avançado.

Totalmente gratuito, o curso foi idealizado por meio de pesquisas acadêmicas vinculadas ao Programa de Pós-Graduação em Língua, Literatura e Culturas Italianas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.  A plataforma de livre acesso permite aos interessados avançar ou retornar às lições anteriores quantas vezes quiser de forma periódica.

No entanto, a plataforma adverte que por não se tratar de um curso à distância, não há limite de acessos e nem acompanhamento diário de professores, o que exige certa dedicação e organização do estudante. Também não há emissão de certificado.

Módulos de ensino

Ao todo, são oferecidas 16 aulas multimídia (leziones), que contam com vídeos interativos sobre as principais dificuldades enfrentadas por um brasileiro em território italiano e entrevistas sobre as diferenças linguísticas e culturais. O áudio em italiano reforça a importância de ir se familiarizando com a língua. Após cada aula, o aluno já pode ir colocando em prática o que aprendeu através de exercícios dispostos em cada unidade. 

Para acessar a plataforma virtual do curso basta ir ao site de cursos de extensão da Universidade de São Paulo e procurar pelo curso ‘Dire, fare, partire!’. In bocca al Lupo (expressão que significa boa sorte, em italiano)!

Por que aprender italiano?

É inevitável associar a Itália à riqueza histórica e cultural onipresente de norte a sul do país. A região da Toscana nos remete à beleza poética mesclada com um toque de romantismo provençal. A arte passa pelo renascimento marcado pela perfeição do traço e se mescla com obras imponentes do estilo gótico, que não passam despercebidas pelas ruas de Milão.  A Itália inspira arte e a arte nos inspira.

De acordo com a organização internacional União Latina, cerca de 65 milhões de pessoas ao redor do mundo falam italiano. Ou seja, não podemos descartar sua enorme relevância, seja na literatura, cultura, arte, poesia, cinema ou no teatro.

Outro ponto positivo se refere à questão linguística. Assim como a língua portuguesa, o italiano nasceu a partir da transformação lenta do latim, que remota do século III até meados do século XII. Durante muitos séculos, o latim funcionou como base para criação de novas palavras italianas. Portanto, muitos  vocábulos se assemelham foneticamente e semanticamente ao português, o que torna a aprendizagem mais fácil, em comparação às demais línguas.

O segundo atrativo é o mercado de trabalho na Itália. Só neste ano, mais de 4 mil vagas de emprego são distribuídas na cidade de Milão. Além disso, acordos entre universidades brasileiras e italianas têm expandido as oportunidades de programas de intercâmbio, como na Universidade de Bolonha#Educação #Comunicação