Educação na Rússia é um portal que visa, desde o ano de 2013, integrar o programa específico do Ministério da Educação e Ciência russo, promovendo o idioma fora da Rússia. Enfim, o site Educação na Rússia foi posto em prática pelo Instituto Púchkin de Língua Russa, oferecendo programas de qualificação sistemática aos professores que lecionam o idioma como uma 2.ª língua ou somente como mais uma opção. 

Veniamin Kaganov, que é o atual vice-chefe da pasta da Educação e Ciência da Rússia, falou a um jornal local do seu país que o portal está progredindo constantemente, além de trazer grandes chances para os professores que estão no exterior, responsáveis por ensinar a língua de celebridades mundiais como Lênin, Tolstói, Dostoiévski e Pútin. 

O vice-chefe russo, além das explicações e orientações adicionais de como o site pode ser útil, aborda o tema de que as oportunidades para cursos presenciais de russo são concretas e, para isso, aponta que a Rossotrudnichestvo (agência de cooperação da Rússia) está ofertando vagas para professores de russo cursar um estágio na própria Rússia. Todavia, os interessados em potencial devem se apressar, já que as inscrições para o processo seletivo de 2016 se encerram em 01/04. O pedido é feito através do site da Rossotrudnichestvo. 

Conforme Veniamin, os serviços de utilidade do portal estão indo muito bem, pois indivíduos de mais de 176 nações estão se utilizando do mesmo, ou seja, com isso há um número superior a 2.500.000 de visitantes e, aproximadamente, 400.000 mil usuários cadastrados que estão ativos. Só em março foram oferecidos 60 cursos novos no portal citado. 

A autoridade russa fez questão de frisar que, além de garantir o crescimento dos recursos do site, o 2° passo agora é internacionalizá-lo ainda mais. “Estamos avaliando a possibilidade de criar uma rede de universidades-parceiras do Instituto Púchkin que possam conduzir cursos e testes em vários países”, reiterou Veniamin. 

Todos os professores do idioma russo que se encontram no exterior se beneficiam do portal na medida em que, por exemplo, podem inscrever-se e executar um curso gratuito totalmente on-line, tanto é que cerca de 4.500 usuários fizeram esse curso virtual. 

Há, ainda, nessa ferramenta da #Internet, opções, tais como: palestras, que duram muitas horas, sobre as diferentes metodologias para se ensinar russo aos interessados, onde todos os usuários cadastrados têm a facilidade de contatar diretamente os metodólogos responsáveis do Instituto Púchkin, desde que tenham atingido certo ponto do treinamento. #Europa #Estudar no exterior