De acordo como Decreto nº 5.626, de dezembro de 2005, regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000, reconhece a Libras como língua e considera-se pessoa surda aquela que, por ter perda auditiva, compreende e interage com o mundo por meio de experiências visuais, manifestando sua cultura principalmente pelo uso da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS.

Vendo a necessidade da inclusão por meio da comunicação entre pessoas, o SENAC está promovendo um #Curso voltado diretamente para profissionais (educadores, médicos, etc) ou para pessoas que querem  conhecer os sinais básicos para entender e se fazer entender entre pessoas que possuem limitações na fala e na audição totalmente gratuito.

A metodologia aplicada será através de atividades disponibilizadas em ambiente virtual de aprendizagem, utilizando recursos pedagógicos desenvolvidos em mídia online e tutoria para acompanhamento da aprendizagem dos alunos. O curso possui carga horária de 160 horas e para a emissão do certificado de conclusão o aluno deverá desenvolvido todas as competências de todas as unidades curriculares.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site do SENAC e fazer sua inscrição: inscreva-se aqui

Os requisitos para a inscrição são: ter idade miníma de 15 anos, a renda familiar não pode ultrapassar dois salários mínimos, e por ser um curso completamente online o aluno deverá ter acesso à internet para a realização das atividades.

O curso dura em média 3 meses a partir da data de início e os alunos só poderão começar os estudos após a formação de turma. 

Como a inclusão está bem em alta, vale a pena conhecer essa área para, além de entender a realidade dos portadores dessa necessidade especial, também possibilitar a comunicação entre todos. E se você já é um profissional da área, o certificado contará como título para seleções em sua cidade ou estado. Se tem interesse, entre agora no site para fazer sua inscrição. #Educação