A ilha da Madeira, pertencente a Portugal, constitui-se na principal ilha do arquipélago que leva o mesmo nome, estando situado no oceano Atlântico, logo na região sudoeste do litoral português, mas o objetivo do artigo em questão não é abordar, por exemplo, o potencial turístico da região, antes, porém, de veicular a informação preciosa aos estudantes universitários que a UMa - Universidade da Madeira é mais uma das instituições de ensino em Portugal que abre as portas para os estudantes do Brasil

A UMa acabou de fechar acordo em 14 de março com o Inep - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, quando a universidade portuguesa em questão decidiu por aceitar os resultados e notas advindos do Enem - Exame Nacional do Ensino Médio – brasileiro, para que isso possa funcionar como parâmetro ao ingresso nos cursos universitários ministrados em seu campus. Até o presente momento, se eleva para 13 a quantidade de universidades em Portugal que se utilizam (aceitam) do processo de classificação do Enem. 

José Manuel Baptista, que é o atual reitor da UMa, faz questão de deixar bastante evidente que o Enem representa a porta de acesso para os estudantes e universitários do Brasil em geral, traduzindo a boa qualidade de ensino ministrado nas instituições pedagógicas. Também é assim que pensa o brasileiro presidente do Inep, Carlos Eduardo Moreno, que afirma crer que o exame do Enem é um mecanismo de bastante sucesso para que as universidades de Portugal consigam medir os alunos, uma vez que a avaliação se estende por todo o país, selecionando sempre os participantes que são os melhores. 

Na realidade, a UMa é uma universidade de identidade pública, localizada na cidade portuguesa de Funchal, que é a maior e a capital da ilha da Madeira. Essa universidade oferece aulas para todo o arquipélago da Madeira e ainda a zona Euro-Atlântica. Vale frisar que a UMa possui 18 áreas de estudos e conta com 220 professores

As universidades portuguesas que se utilizam da nota do Enem como validador para o ingresso dos brasileiros são: Universidades do Algarve, de Aveiro, de Coimbra, de Lisboa, da Madeira – Uma, Institutos Politécnicos de Barcelos – IPCA, de Beja – IPBeja, de Coimbra, da Guarda, de Leiria – IPL, de Portalegre – IPP, do Porto (IPP) e por fim a Universidade do Porto. #Europa #Estudar no exterior #Intercâmbio