Aprender sem sair de casa? Isso é possível com o curso gratuito a distância oferecido pela Organização das Nações Unidas. Todo o conteúdo disponibilizado foi produzido pelo Observatório de Energias Renováveis para a América Latina e Caribe. O tema do #Curso é “Energias Renováveis” e, dentro dele, é possível conquistar até sete certificados, depende só do seu empenho.

Isso acontece porque o estudo é amplo e, para facilitar, o conteúdo foi dividido em sete módulos. Para permitir que o aluno tenha mais flexibilidade, a cada módulo feito a ONUDI emite um certificado com as horas de estudos completadas. Fez os sete módulos? Conquista sete certificados!

Como o assunto é amplo e importante para as mais diversas áreas de atuação, qualquer profissional pode fazê-lo. Não há requisitos quanto ao grau de instrução nem quanto à idade. Jovens e adultos, que tenham interesse no tema e queiram estudá-lo sem custo, podem se fazer a inscrição hoje mesmo.

Durante as aulas nos diferentes módulos serão abordados temas como: Energia e Mudanças Climáticas; Eficiência Energética em Edifícios; Biogás; Energia Solar Fotovoltaica; Pequenas Usinas Hidrelétricas; Energia Minieólica e Energia Solar Térmica.

Quem se inscrever para o curso a distância da ONU? Veja como proceder!

A forma mais completa de fazer o curso gratuito de Energias Renováveis é na plataforma Veduca. Nela, além das aulas serem divididas de melhor maneira, ainda há questões a serem respondidas durante o estudo, que auxiliam na fixação do conteúdo. Há também material complementar que pode ajudar o aluno a tirar qualquer dúvida. Para se inscrever clique aqui.

Há a possibilidade de se inscrever também no site ONUDI. Porém, essas ferramentas complementares já citadas não são disponibilizadas nele. A emissão do certificado é igual para as duas. Inscrições aqui.

Para ter direito ao certificado, antes de começar a assistir as aulas, é necessário fazer o cadastro no site. Lembre-se de fazer o login sempre que for retomar os estudos. Tenha cuidado também ao preencher os dados, pois o nome digitado é o que será usado no certificado, ou seja, deve estar completo, sem abreviatura.

Veja também os cursos gratuitos a distância oferecidos pelo Ministério da Saúde. Clique aqui. #Educação #Vagas