A #universidade de São Paulo é considerada a maior instituição de ensino superior do Brasil. Com oferta de dezenas de curso no estado de São Paulo, entre a capital e outras cidades, todos os anos atraem centenas de estudantes.

O vestibular da instituição, a Fuvest, é considerado de um alto nível. Muitos estudantes se empenham anos para alcançar a aprovação na USP.

Para os estudantes que anseiam por uma vaga na USP, ou outros estudiosos curiosos, a Universidade de São Paulo lançou há algum tempo uma plataforma que pode ser de grande interesse. O e-Aulas disponibiliza mais de 2000 videoaulas de cursos da USP, das mais diversas áreas.

As aulas são ministradas por professores da instituição. Para quem está indeciso acerca do curso que prestará, pode acabar com essa indecisão assistindo essas videoaulas, onde poderá perceber qual assunto mais lhe interessa.

O projeto foi baseado em serviços oferecidos por outras grandes universidade como Harvard, Yale, MIT e Princeton.

Os vídeos são disponibilizados de forma completamente gratuita, bastando acessar o site e-Aulas e buscar pelas classes do curso que procura.

Infelizmente, não são todos os cursos da universidade que possuem aulas disponíveis na plataforma. Cursos como Audiovisual, Economia, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Internacionais, Engenharia Civil, Nutrição, entre outros, ainda estão de fora.

Há oferta de aulas de cursos como Medicina, Medicina Veterinária, Odontologia, Enfermagem, Direito, Administração, Arquitetura, Filosofia, Astronomia, etc. Em se tratando do curso de Medicina, por exemplo, estão disponíveis mais de 76 vídeos.

O total específico de videoaulas na plataforma é de 2381, e espera-se que novas aulas sejam integradas com o tempo.

Atualmente a USP também conta com outros projetos online. Exemplo disso é sua parceria com o Veduca, disponibilizando cerca de 8 cursos à distância, sendo que alguns dão certificado. Em parceria com a Fundação Anchieta, também lançaram alguns cursos livros e sem inscrição. Um exemplo é o curso de Democracia. #Educação