O ano de 2016 está sendo marcante para a história política do Brasil. Muitos comparam os últimos atos políticos ocorridos em Brasília – dos quais o mais recente a aprovação do processo de impeachment em 12 de maio – com os tristes anos iniciados em 1964, quando ocorreu uma ruptura democrática no Brasil e o poder político ficou por conta dos militares por 21 anos.

Buscando relembrar um pouco dos fatos ocorridos nas últimas décadas no Brasil, criamos uma seleção de filmes com a temática. A seleção apresenta diversos filmes que retratam os anos de chumbo e se torna interessante não apenas para os amantes do cinema, mas, sobretudo, aos fascinados por política e #História.

Aproveite o próximo feriado e conheça de forma leve – que tal pipoca e guaraná e na presença dos amigos? – um pouco da trajetória política brasileira.

Filmes sobre a segunda metade do século XX no Brasil

“Manhã cinzenta”, de 1968, retrata a prisão de um jovem casal preso durante uma passeata em um fictício país latino americano que sofria repressão civil e política.

“Pra Frente, Brasil”, de 1982, é sobre um cidadão que ao regressar para o seu apartamento é confundido com os chamados “subversivos” e então é preso e torturado.  

“O Que É Isso Companheiro?”, de 1997, é inspirado na obra literária de mesmo nome e versa sobre o sequestro do embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) por parte de militantes brasileiros.  

“Ação Entre Amigos”, de 1998, se passa no tempo pós-ditadura quando quatro amigos se reúnem depois de passado 25 anos do fim da ditadura e revivem os tempos de prisão e tortura.

“O ano em que meus pais saíram de férias”, de 2006, mostra a descoberta dos limites da ditadura pelo olhar de uma criança de 12 anos que vive com o avô após os pais se tornarem presos políticos.

“Zuzu Angel”, de 2006, apresenta a história do jovem revolucionário Stuart, que se envolveu na luta armada durante os anos de 1960 em contraposição à realidade de sua mãe, uma empresária de moda.

“Condor”, de 2007, é sobre a história da cooperação militar entre diversos governos da América do Sul e que era denominada Operação Condor ou “carcará”.

“Cidadão Boilesen”, de 2009, conta o financiamento da Operação Bandeirante (OBAN), que foi um dos mais notáveis órgãos de repressão durante os anos de regime militar.

“O Dia que Durou 21 Anos”, de 2012, é um documentário que se sustenta em documentos de sigilo durante anos, permitindo mostrar a participação dos EUA na articulação do golpe militar que culminou em 31 de março de 1964.

“Dossiê Jango”, de 2013, é um documentário que retrata os anos em que o político João Goulart ficou exilado e os mistérios que envolvem a sua morte. 

Outras dicas de filmes que ensinam

Para ver filmes sobre Literatura, clique aqui. Se preferir filmes sobre a história das guerras no século XX, clique aqui. #Filme #Vestibular