O governo do Rio de Janeiro promoveu nesta quarta-feira (04/05), em uma parceria com o Comitê das Olimpíadas Rio 2016, uma grande feira para convocação de estudantes que estejam interessados em trabalhar nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos que acontecem em agosto e setembro, respectivamente.

Ao todo, serão 80 mil trabalhadores atuando nas Olimpíadas e nas Paralimpíadas sendo que destes, de 20 a 30 mil serão alunos e ex-alunos da Faetec, selecionados nesse feirão. As outras vagas serão preenchidas por aqueles que se candidatarem às diversas chamadas realizadas pela organização do evento. Segundo a Agência Brasil, outras duas ou três rodadas de contratação ainda irão acontecer ao longo desse período que antecede os Jogos Olímpicos, sendo uma boa oportunidade para quem deseja complementar o currículo com atividades neste evento de grande porte ou mesmo para ter uma oportunidade de primeiro emprego.

Outro nicho que vai abrir diversas vagas de emprego para a população brasileira é o setor de turismo. Milhares de estrangeiros devem visitar o Rio de Janeiro no período das Olimpíadas e muitos aproveitarão para conhecer outras cidades brasileiras, o que significa que não só os cariocas mas também os moradores de outras regiões podem e devem se qualificar para garantir uma oportunidade de emprego nesse período e quem sabe, até se efetivar no trabalho desse setor.

Para o setor de turismo, conhecer a sua cidade é de extrema importância, mas saber apresentá-la no idioma do turista estrangeiro é imprescindível. Aplicativos para smartphones como o Duolingo ajudam a melhorar o vocabulário e a conversação de diversos idiomas, o que inclui os principais - inglês, espanhol, alemão, francês e italiano - além de ser completamente gratuito. 

Um setor que também deve crescer e gerar muitos #Empregos nas Olimpíadas Rio 2016 é o da gastronomia. A popularização dos food trucks e das comidinhas feitas em casa - as chamadas "artesanais" ou "orgânicas" - só aumentou durante os últimos meses e aprender a fazer novas receitas para vendê-las nos grandes eventos ou em pontos turísticos pode ser uma boa opção para fazer uma grana extra. Cursos online como da Prime Cursos e da Eduk promovem aulas gratuitas e pela internet de culinária básica, e alguns com direito a certificado. Já o Senac oferece cursos presenciais de gastronomia, dependendo da região.

Se está sem emprego ou a grana está ficando curta com a crise, essa é a hora para se qualificar, ter novas ideias e buscar uma oportunidade nos Jogos Olímpicos Rio 2016. #Curso #Rio2016