No mercado de trabalho atual, contar com o domínio avançado de um segundo idioma, na maioria dos casos, é uma garantia a mais para que o candidato conquiste a vaga tão almejada. Grande parte das empresas já cobram conhecimentos entre os níveis intermediário e avançados dos participantes de suas seletivas. Porém, do outro lado da moeda, vamos encontrar uma infinidade de profissionais que não possuem tempo suficiente para se dedicar a um curso tradicional ou ainda que não contam com condições financeiras para tal.

Com isso em mente, muitas pessoas andam de olho nos #Cursos gratuitos e que podem ser feitos a qualquer momento. Pelo bem da verdade, alguns podem não cumprir o que prometem. Mas isso não é algo que pode desanimar quem precisa de um "upgrade" em relação ao tema em questão.

Uma boa ideia para quem quer (por trabalho ou outros fins) aprender ou se aperfeiçoar em uma língua estrangeira são os cursos gratuitos que são oferecidos  por diversas instituições de ensino renomadas.

A dica de hoje fica por conta da Universidade de São Paulo (#USP). Recentemente, a instituição abriu  o período da recebimento das inscrições para uma variedade de cursos de idiomas.

Entre os oferecidos, podemos destacar árabe, grego, chinês, italiano, alemão, francês, espanhol e inglês.

O melhor de tudo é que o estudante poderá fazer o curso que quiser sem gastar um único centavo.

Os estudantes, profissionais e demais interessados que quiserem aproveitar essa oportunidade poderão se inscrever até o dia 09 de setembro. As inscrições podem ser feitas por meio do site da Faculdade de #Educação da USP (FEUSP).

A previsão é de que o início das aulas ocorram na data do dia 19 de setembro de 2016.

Ainda, no site da FEUSP, os candidatos poderão ter acesso às informações completas disponibilizadas pela organização.

Outra dica para quem quer aprender uma língua estrangeira, mas que não pode se deslocar até o local das aulas, é optar por realizar um curso online.

Atualmente, há uma infinidade deles disponíveis da internet (muitos gratuitos). Mas vale chamar a atenção para o fato de se fazer uma pesquisa antes para se ter certeza de que o curso é, de fato, satisfatório ou não passa de propaganda enganosa.